O que ver em Nova Iorque: 8 bairros e parques a não perder

A melhor forma de conhecer uma cidade é andando a pé. Parta à descoberta de alguns dos melhores bairros e parques que tem que ver em Nova Iorque. 

O que ver em Nova Iorque: 8 bairros e parques a não perder
Sinta a cidade percorrendo os seus bairros e ruas

A cidade de Nova Iorque é dividida em cinco grandes distritos –  Bronx, Queens, Brooklyn, Staten Island e Manhattan – que, por sua vez, totalizam mais de 20 bairros. Conhecê-los a todos seria sinónimo de percorrer a cidade de fio a pavio o que, na verdade, será algo acessível a muito poucos privilegiados.

Todos os bairros têm uma atmosfera particular – dos mais descontraídos e artísticos aos mais aristocráticos. Visitá-los, observar as pessoas e as suas rotinas, é uma forma excelente de conhecer a cidade. Fique a conhecer os principais bairros, aos quais juntámos um parque, o Highline, que tem que ver em Nova Iorque.


O que ver em Nova Iorque: bairros e parques para percorrer


Highline

highline

O Highline é uma espécie de jardim suspenso, a oito metros de altura do chão, com uma extensão de cerca 2,5km. O parque atravessa os bairros Meatpacking District, West Chelsea e Hell’s Kitchen. A construção desta linha férrea remonta a 1930 e, na altura, estes bairros eram essencialmente ocupados por empresas de transportes e indústrias.

No entanto, desde a construção do Highline, em 2009, os bairros têm ganho uma nova vida, com os armazéns e fábricas convertidos em galerias de arte e design, lojas, restaurantes, entre outros. Ao longo da linha existem diversos jardins, vegetação e bancos onde pode descansar e contemplar o Rio Hudson.



Upper East Side

Um dos bairros mais caros da cidade, o Upper East Side é ocupado por residências como as que só vemos nos filmes, museus e instituições culturais de renome mundial – o Metropolitan Museum, o Guggenheim e o Museum Mile são algumas das atrações que tem que ver em Nova Iorque. Para além disso, é no Upper East Side que fica a mítica Park Avenue com os seus prédios de luxo e a Madison Avenue, onde pode ver apreciar as sumptuosas montras. 



Upper West Side

upper

À semelhança do Upper East Side, o Upper West Side é também um bairro que tem que ver em Nova Iorque pelo luxo que ele ostenta. É aqui que vivem as famílias mais ricas da cidade, e é habitual vê-las, de ar caprichoso e aristocrático, a passear os animais de estimação. Se prefere um ambiente mais descontraído, está a dois passos do Central Park, onde pode fazer um piquenique e relaxar no meio da natureza. É também aqui que encontrará o Museu de História Natural, uma atração imperdível na cidade



Lower East Side

O Lower East Side é um bairro de raízes imigrantes e tem uma vibração muito diferente dos dois anteriores. É eclético, descontraído e genuíno. Um pouco por todo o lado, em vielas, calçadas ou até nas míticas escadas de incêndio dos prédios, há um apelo mais enigmático e artístico. É também um dos melhores locais da cidade para se sentar num café e observar pessoas. E se quer vida noturna, está também no sítio certo.



SoHo

soho

Um dos bairros mais cool da cidade é o SoHo (cujo nome vem da abreviação de South Houston). A zona é frequentada por dois tipos de públicos: por um lado, as celebridades e fashionistas, que por ali se passeiam e fazem compras em lojas de luxo e, por outro, um público mais descontraído e jovem, que frequenta o bairro por alguma da irreverência que ainda vai possuindo. 



Chinatown

Logo ao lado do SoHo vai encontrar o bairro de Chinatown. Aqui, as ruas são estreitas e a confusão impera, com os transeuntes a procura dos melhores restaurantes, do melhor sítio para comprar peixe ou de uma loja de souvenirs. Também não faltam as especiarias, vegetais, carne e cogumelos de tantos tipos, que dificilmente os encontrará noutros locais. O bairro de Chinatown é, sem dúvida, um gigante mercado a céu aberto.



Union Square

union square

A zona da Union Square tem uma população diversa. Dos poetas aos homens de negócios e do mundo corporativo, passando também pelos manifestantes e artistas de rua, este é um bairro onde ficam as sedes de grandes empresas, residências e também vários espaços públicos, como as feiras.




Meatpacking District

O que era antes uma zona ocupada essencialmente por indústrias ligadas à carne e matadouros – daí o seu nome – tornou-se num dos locais mais trendy da cidade. O Meatpacking District está hoje povoado por lojas de luxo, galerias e cafés. Quando o sol cai, dezenas de pessoas saem às ruas, vestidas impecavelmente, para aproveitar uma das zonas com a vida noturna mais excitante da cidade. 

Veja também: