Este é o segredo para escolher sempre a fila mais rápida

Seja porque está com pressa ou porque foi às compras no fim do dia de trabalho, a última coisa que vai querer é passar mais tempo na fila do supermercado.

Este é o segredo para escolher sempre a fila mais rápida
A resposta pode surpreendê-lo

Quem não gostaria de saber qual o segredo para garantir que fica sempre na fila mais rápida? Ninguém gosta da ideia de ir ao supermercado e ficar uma eternidade à espera na fila para pagar. Mas não raras vezes, todos temos que passar por esse suplício e, por alguma razão, de todas essas vezes basta olhar para a fila ao lado para perceber que se fez a escolha errada no que toca à rapidez. 

Vamos dar-lhe algumas dicas para assegurar que na próxima ida ao supermercado escolhe a fila mais rápida.
 

O segredo da fila mais rápida

Se até agora achava que para garantir que se despachava na fila de supermercado devia escolher a fila onde estão pessoas com menos compras no carrinho, está enganado e, na realidade, isso pode até ter-lhe custado alguns minutos (se não muitos) adicionais na fila. Dizem as estatísticas que na grande maioria dos casos é isso que as pessoas fazem, mas essa não é, de todo, a melhor opção.

Num artigo recente, Christopher Mele, do New York Times, listou algumas dicas que o vão ajudar a fazer a escolha mais acertada na próxima ida ao supermercado.
 

1. Coloque-se atrás do cliente com o carrinho mais cheio

Pode parecer que não faz qualquer sentido, mas com a ajuda de Dan Meyer, um matemático, Mele concluiu que na realidade escolher a fila onde está a pessoa com o carrinho mais cheio pode ser a escolha mais acertada… e mais rápida.

Diz o estudioso que, em média, as interações entre funcionário da caixa e cliente consomem cerca de 41 segundos (e isto inclui a conclusão da compra). Diz o especialista que se ficar atrás de uma pessoa com 100 itens no carrinho demora em média seis minutos, mas se optar por uma fila com quatro pessoas, cada uma com 20 itens no carrinho, vai demorar uma média de sete minutos. É apenas um minuto, mas já fica a perder.
 


2. Escolha a fila mais à esquerda

Mele falou ainda com Robert Samuel, fundador da Same Ole Line Dudes, uma empresa sediada em Nova Iorque, que referiu que tendencialmente as pessoas tendem a virar à direita numa fila. Ora se a tendência é ir para a direita, o ideal é que escolha a opção que não é tendência… a esquerda, onde terá menos pessoas.
 


3. Escolha uma funcionária

Pode até parecer sexista, mas escolher uma mulher na caixa pode valer-lhe alguns minutos a menos na fila. Diz Robert Samuel que, pela sua experiência, as mulheres são mais céleres a registar e processar as transações.

Neste sentido, pode ainda ajudar verificar a tendência para conversar com os clientes por parte do funcionário. Mele falou ainda com A. J. Marsden, professora assistente na Universidade de Beacon, que sugere que se atente no funcionário que está na caixa para perceber se comenta os produtos ou se tem tendência a conversar muito. Se for esse o caso, talvez queira evitar essa fila… pelo menos se estiver com pressa.



4. Analise os clientes à sua frente e as compras de cada um

Não se trata de invadir a privacidade de cada um, mas de perceber até que ponto serão mais ou menos rápidos. A idade das pessoas, por exemplo, influencia o tempo de compra. Além disso, o tipo de produtos que estão a comprar também pode fazer diferença. Por exemplo, alguém que compre seis garrafas de uma mesma bebida será mais rápido do que alguém que tenha muitos vegetais ou frutas no carrinho.
 


5. Tenha atenção às obstruções das filas

Uma fila que serpenteia no corredor ou cuja visão dos clientes por parte do funcionário fica obstruída por uma parede ou prateleiras não é bom sinal. Se ficar numa dessas filas prepare-se para demorar. Pelo menos é isso que diz um estudo referido por Christopher Mele. O estudo, conduzido pelos professores Niederhoff e Masha Shunki, da Universidade de Washington, e Yaroslav Rosokh, da Universidade de Purdue, diz que as obstruções à visão impedem que os funcionários das caixas possam perceber de que forma o seu trabalho afeta a fila.



Torne o serviço mais rápido

Além de escolher a fila mais rápida, também é possível que cada um de nós facilite o trabalho do funcionário da caixa e acelere o processo. Basta para isso que tenha alguns cuidados como, por exemplo, virar os códigos de barras para o funcionário ou, se comprar roupa, remover os cabides. 



Veja também: