Objetivos profissionais a curto e longo prazo: quais são os seus?

Definir objetivos profissionais a curto e a longo prazo pode ajudá-lo a encontra o rumo certo para a sua carreira. Veja como.

Objetivos profissionais a curto e longo prazo: quais são os seus?
Qualquer profissional tem objetivos para a sua carreira. Alguns só precisam de saber como os estruturar.

Provavelmente já passou algum tempo a pensar naquilo que quer alcançar profissionalmente. E se não o fez, talvez o queira fazer. E pode começar por definir objetivos profissionais a curto e longo prazo

E se pensa que se trata da mesma coisa está enganado. Ainda que à primeira vista possam parecer a mesma coisa, quando comparados, são consideravelmente diferentes.
 

Objetivos profissionais a curto e longo prazo: qual a diferença?

Bem, basta olhar para a própria nomenclatura para perceber onde reside a principal e grande diferença entre estes dois objetivos profissionais

Os primeiros – a curto prazo – são objetivos que obviamente se pretendem alcançar num futuro próximo (o que pode ser hoje, esta semana, este mês ou até este ano). Falamos por exemplo de objetivos como: conseguir um emprego numa determinada área, fazer uma formação específica, …. No fundo são objetivos que requerem ações mais imediatas e que são mais facilmente alcançáveis e que podem, inclusivamente, servir de alavanca para os segundos, os objetivos a longo prazo. 

Nesta segunda fase, dos objetivos a longo prazo, já se estabelecem metas mais abstratas e longínquas, mas também mais ambiciosas. Falamos de metas que requerem mais tempo e um maior planeamento, como por exemplo, criar o seu próprio negócio, ser promovido para uma determinada posição, etc.

 

Porque são importantes?

Nenhum profissional de sucesso chegou lá (ao sucesso) por acaso. Além do trabalho árduo e provavelmente uma boa dose de sorte no percurso, todos têm em comum o facto de terem também objetivos profissionais bem definidos (tanto a curto como a longo prazo). 

A verdade é que estabelecer objetivos para a sua carreira pode ser fundamental para o seu crescimento profissional. De facto, definir um plano de ação – os tais objetivos a curto e longo prazo – vai ajudá-lo a manter a direção certa e a trabalhar para alcançar essas suas metas profissionais (sejam elas quais forem). 

Mais. Além de o ajudarem a encontrar o rumo para a sua carreira, a questão dos objetivos a curto e longo prazo estará sempre presente na sua carreira. Em contexto de entrevista de emprego, por exemplo, é algo quer será sempre assunto. Basta pensar nas perguntas mais frequentes numa entrevista. O mais provável é que a determinada altura os recrutadores o questionem sobre “onde se vê daqui a cinco anos?”. É bom que nesta altura esteja preparado para mostrar que sabe exatamente onde quer ir e se mostre seguro das suas metas. Aqui pode começar logo por falar dos seus objetivos a curto prazo (que será obviamente ser contratado pela empresa para a qual se está a candidatar e fazer um bom trabalho). 

Lembre-se que estes objetivos devem ser bem pensados, realistas, alcançáveis e – mais importantes – flexíveis, de forma funcionem como um plano orientador para a sua carreira (um “mapa” digamos assim) que possibilitem o seu crescimento profissional e o preparem para eventuais ajustes (se necessário). 

Tenha sempre em mente, que estes objetivos são apenas uma linha orientadora e que não é possível planear detalhadamente a sua carreira. Nenhum objetivo (seja ele a curto ou longo prazo) deve ser fechado já que a sua carreira está sujeita a eventuais mudanças e, caso aconteçam, deve estar preparado para moldar os seus objetivos e o rumo da sua carreira (caso seja esse o caso) e aproveitar as oportunidades que lhe possam surgir pela frente.
 
 

Trace os seus objetivos… 

E comece pelos objetivos a longo prazo. Afinal de contas são esses a sua grande meta. Os objetivos a curto prazo serão “uma muleta” para lá chegar. Sabendo para onde quer ir, resta-lhe trabalha (e muito).
 

Subscreva a nossa Newsletter para receber toda a informação que precisa para a sua carreira


Veja também: