Oferta Pública de Subscrição de Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável Maio 2021

As Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV) são um produto de rentabilidade muito interessante, dado o atual panorama de investimento no sistema bancário.

Oferta Pública de Subscrição de Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável Maio 2021
Esteja atento às comissões.

Abra já o seu novo Depósito a Prazo e goze de vantagens únicasDepois da intenção de colocação de Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV) no final do ano de 2015, arranca no dia 26 de abril a comercialização das mesmas. Um produto do Estado, mas que ao contrário do habitual, será subscrito através do sistema bancário.

As OTRV apresentam uma taxa de juro variável constituída pela Euribor a 6M, com um mínimo de 0%, mais 2,2%. O pagamento de juros é de periodicidade semestral e postecipada, nas datas de 19 de maio e 19 de novembro de cada ano. O primeiro pagamento de juros será no dia 19 de novembro de 2016 e o último com data simultânea ao reembolso das Obrigações, 19 de maio de 2021.

Apesar da taxa das OTRV ser muito atrativa, será necessário que cada interessado na subscrição esteja atento a algumas comissões a serem cobradas. Contrariamente aos depósitos a prazo, esta aplicação paga uma comissão inicial de subscrição, comissão sobre o pagamento de juros e comissão de reembolso de capital. A adicionar a estes custos, terão que ser salvaguardadas despesas com a guarda de títulos. Esta trata-se de uma despesa variável entre as instituições bancárias, sendo necessário consultar o respetivo gestor de conta ou o preçário do banco.

Por via das comissões referidas, não é desejável que pequenos montantes sejam utilizados para subscrever este produto. Todos os bancos estão preparados para simular os custos e receitas, por isso seja prudente no investimento e faça todas as contas. É uma aplicação bastante interessante para rentabilizar os seus depósitos, numa conjuntura que não tem oferecido rentabilidades muito altas.

De referir que, caso as ordens ultrapassarem os montantes máximos de emissão, estas ficam sujeitas a rateio. Neste cenário serão atribuídos 10.000€ a cada ordem e após satisfeitas estas ordens serão atribuídos os restantes montantes conforme ordem de entrada das subscrições.
 

Exemplo

 

Condições de subscrição

  • Investimento: 10.000€
  • Taxa de juro: 2,2%
  • Comissão de subscrição: 0,22%+ imposto de selo (4%)
  • Comissão de guarda de títulos: 50€/ano
  • Comissão sobre pagamento de juros: 2,47% + IVA (23%) 
  • Comissão de reembolso: 0,35% + IVA (23%)
Juros a receber, tendo em conta a diluição da comissão de subscrição e reembolso que são pagas no início e no final do prazo, respetivamente:

Semestralmente: 
  • 45,20 €
Final do prazo:
  • 452,01 
 

Datas relevantes:

  • Subscrição da oferta: De 26 de abril a 16 de maio de 2016
  • Revogação e alteração de ordens: até 11 de maio de 2016
  • Aumento da oferta: até 9 de maio de 2016
  • Apuramento dos resultados da oferta: 17 de maio de 2016
  • Data da subscrição: 19 de maio de 2016
Faça render o seu dinheiro com um Depósito a Prazo moldado ao que precisa >>
Veja também: