Plano de Saúde Medicare

Gratuito durante 6 meses!

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt

Saber mais

Óleo de côco: benefícios e malefícios

O óleo de côco tem sido muito falado, principalmente na sua relação com a perda de peso: mas as opiniões são ambíguas. Conheça os pormenores.

Óleo de côco: benefícios e malefícios
Os prós e contras do óleo de côco

O óleo de côco enquadra-se na categoria dos óleos vegetais e é uma gordura saturada. Nele podemos encontrar várias substâncias como o glicerol, utilizado em muitos produtos alimentares. Também possui grandes quantidades de caprílio, mirístico e ácido láurico (auxiliadores na perda de peso).


Óleo de côco: tudo o que precisa de saber


Benefícios do óleo de côco

  • Fortalecimento do organismo - este óleo possui grandes quantidades de ácido láurico (também encontrado no leite materno, por exemplo), o que ajuda a fortalecer o sistema imunitário.
  • Boa fonte de energia - o tipo de gorduras saturadas que possui são uma excelente fonte de energia, já que são de fácil digestão pelo organismo.
  • Excelente para cozinhar - mais uma vez, o tipo de gorduras saturadas presentes no óleo de côco fazem com que ele não perca as suas qualidades mesmo quando submetido a altas temperaturas.
  • Aliado no emagrecimento - alguns estudos indicam que as pessoas que consomem óleo de côco queimam em média mais 200kcal do que as pessoas que não o consomem.
  • Aliado na hidratação da pele - tanto a pele como o cabelo podem usufruir dos benefícios deste óleo que age como um hidratante e um condicionador natural. Pode usar apenas uma colher de chá deste óleo para passar no corpo e no cabelo antes do banho e verá bons resultados.



Malefícios do óleo de côco

Como com muitos outros alimentos, os estudos apontam que o consumo exagerado de óleo de côco pode ser prejudicial à saúde, nomeadamente porque é muito calórico. Se não praticar exercício físico e cultivar uma vida sedentária, o óleo de côco vai sobrecarregar o organismo de calorias que não são queimadas. Além disso, há também relatos que o relacionam com determinados problemas do fígado, pois sobrecarrega-o de ácido graxo e isso pode agravar situações de cirrose, por exemplo.



Vale a pena?

O óleo de côco é um produto com características benéficas para o organismo se consumido na sua forma natural (evite as cápsulas deste produto, pois possuem sempre alguns elementos químicos). Deve ser aliado a um estilo de vida saudável, inserido numa alimentação equilibrada e em conjunto com a prática de exercício fisico.

Há cada vez mais personalidades que elegem o óleo de côco como um dos seus must-have, precisamente pela multiplicidade de utilizações possíveis. Em Portugal pode encontrá-lo na maioria das lojas de produtos naturais, como por exemplo a Celeiro, e o preço, para uma embalagem de 250g, anda à volta dos 6€. 

Como sempre, o bom senso e o uso equilibrado são uma excelente ajuda para um organismo saudável.

Veja também: