Organizar um casamento sem stress? Sim, é possível!

Encontrar o vestido de noiva ideal, o local do casamento perfeito, escolher as lembranças para os convidados, o fotógrafo para eternizar o dia, etc., etc., etc.

Organizar um casamento sem stress? Sim, é possível!
12 conselhos úteis

Organizar um casamento implica um sem número de decisões (e indecisões), escolhas, criatividade, cedências, negociações… já está nervosa só de ler? Calma! A verdade é que com uma boa organização e tudo pensado antecipadamente é possível tratar de todos os preparativos do casamento com tranquilidade.

Vamos dar-lhe 12 valiosos conselhos para organizar um casamento sem stress. Pode não acreditar, mas sim… é possível!

12 passos para organizar um casamento sem stress

1. Esclareça o que cada um espera do casamento

Antes de começar os preparativos do seu casamento deve sentar-se com o seu parceiro para esclarecer quais são as expectativas de cada um para o grande dia. Assim será muito mais fácil traçar um caminho a seguir e gerir as escolhas que se têm de fazer durante toda a organização.

Por seu turno, devem também sentar-se e trocar ideias sobre o que cada um espera um do outro durante a mesma (e até no próprio dia). A noiva espera uma participação ativa do noivo? Ou não se importa de resolver tudo sozinha e o noivo agradece? O noivo quer participar nas escolhas? O importante é a transparência, para saberem exatamente com o que irão contar.

diana nobre

Fonte da imagem: Diana Nobre

2. Divida as tarefas de acordo com os gostos de cada um

Se cada um assumir as tarefas que gosta mais, a obrigação transforma-se em diversão. Por isso, a dica é essa mesmo: atribuir cada tarefa da organização do casamento à pessoa que mais prazer tem em fazê-la.

Os dois podem opinar e até decidir juntos sobre cada um dos muitos detalhes que envolve a organização de um casamento, mas para cada tarefa fica estabelecido um responsável que dará atenção aos prazos e demais procedimentos. Assim, nenhum dos dois fica sobrecarregado e o resultado é, geralmente, muito positivo.

3. Crie ferramentas de organização

Durante os meses que antecedem o casamento, quer esteja a organizar o casamento em apenas 6 meses ou com um ano de antecedência, vai assumir o papel (ainda que improvisado) de organizadora de eventos. Por isso, é muito importante organizar o seu trabalho.

Comece por criar diferentes pastas com inspirações para penteados de noiva, ideias de decoração, bem como um ficheiro Excel com todos os seus compromissos, a lista de convidados e – muito importante – uma estimativa do orçamento final. Saber exatamente o que se pode ou não gastar é essencial para eliminar ou diminuir o stress durante a organização do casamento. Já para não falar que é preciso ter noção de quanto custa casar para não sofrer surpresas desagradáveis.

helder couto

Fonte da imagem: Hélder Couto

4. Planeie o seu casamento

Faça um plano mensal, que lhe irá permitir fazer uma lista de tarefas com uma ordem cronológica que terá de seguir, apontando aquelas que já concluiu. Por outras palavras, faça uma checklist de casamento que reúna as diferentes etapas da organização, para que não se esqueça de nada e garantir que o dia corre como sempre imaginou.

5. Recorra à ajuda de profissionais

Se se sentir angustiada e até desamparada nesta tarefa de organizar aquele que será um dos dias mais importantes da sua vida, não hesite em procurar ajuda profissional. Seja ao nível da decoração, do catering, da própria escolha dos fornecedores, etc. Será mais fácil e irá libertá-la de algum stress. Sobretudo se optar por contratar um serviço de Wedding Planner, que irá fazer tudo por si!

6. Prepare tudo com antecedência

É possível organizar um casamento com pouco tempo de antecedência, mas no que diz respeito aos casamentos nunca é cedo demais para começar a organização. O ideal é um ano antes, para poderem terminar tudo antes do dia D e ter tempo para repousar e… respirar!

Não esqueça também os fornecedores: todos os serviços deverão estar contratados pelo menos 6 meses antes do grande dia, para garantir a sua disponibilidade e não andar a sofrer de ansiedade.

nv studio

Fonte da imagem: NV Studio

7. Delegue algumas tarefas a pessoas próximas

Certamente terá pessoas de confiança que ficarão muito contentes por poder contribuir na organização do casamento. Aproveite a sua boa vontade e delegue tarefas em função dos pontos fortes das pessoas. Mas atenção: não caia no erro de delegar coisas que só a si cabe decidir. Nem concentre tudo numa só pessoa ou force as pessoas que não querem, na verdade, serem envolvidas no processo.

8. Utilize a Internet e os sites especializados em casamentos

Muitos sites especializados em casamentos disponibilizam uma longa lista de diferentes serviços e fornecedores que poderá escolher para a organização do seu casamento, facilitando-lhe a tarefa de pesquisa. Na net encontra a inspiração que necessita, em artigos com dicas e soluções para ser bem-sucedida no seu dia. Aliás, a verdade é que é possível organizar um casamento 100% na Internet.

9. Expresse as suas emoções e ansiedades

Um casamento é um marco importante e organizá-lo é um grande peso de responsabilidade, sobretudo porque queremos que o dia seja perfeito (ou o mais perfeito possível). É, por isso, importante saber lidar com o stress que tudo isto naturalmente gera. Não hesite em falar das suas preocupações às pessoas mais próximas: ao seu futuro marido, à sua família e amigos. Eles serão um bom suporte e dar-lhe-ão bons conselhos.

ricardo meira

Fonte da imagem: Ricardo Meira

10. Partilhe as novidades e oiça a opinião do outro

A comunicação e a conversa são vitais durante toda a organização do casamento (e também para o resto da sua vida a dois!). Se ambos estiverem a par de cada detalhe ninguém será surpreendido. Além disso, a conversa pode ajudar a trazer novas ideias ou soluções que, individualmente, não lhe tivessem passado pela cabeça.

Por outro lado, não se vai casar sozinha. Por isso, ouça e respeite a opinião do outro, antes de tomar qualquer decisão. Os dois precisam de estar de acordo. Se as opiniões e desejos forem demasiado diferentes, nada como uma boa conversa para chegar a um entendimento, que passará pela cedência de um em prol do outro. Desta forma, o casamento vai refletir a personalidade dos dois.

11. Seja transparente com os fornecedores

Não se iniba de deixar bem claro que quer estar a par de tudo, com acesso privilegiado a todas as informações e atualizações. Também é imprescindível que os noivos transmitam aos fornecedores exatamente o que esperam do casamento e que sentimentos querem transmitir aos convidados no grande dia.

12. Faça um plano do dia

Depois de toda a organização do seu casamento estar orientada, reveja tudo ao pormenor para que nada falhe: os horários dos diferentes momentos do dia, as pessoas a quem delegou tarefas, os timings dos fornecedores; etc. Não se esqueça, também, de entregar as alianças a uma pessoa de grande confiança… afinal, elas são o elemento essencial do seu grande dia!

Veja também:

Continuar a Ler