Como organizar o frigorífico

Organizar o frigorífico é essencial para manter os alimentos bem conservados e poupar na conta da energia. Quer saber como? Venha daí!

Como organizar o frigorífico
Organize melhor para ter alimentos mais frescos.

Antes de começar a organizar o frigorífico, confirme se a temperatura do frigorífico está nos 4 graus centígrados e a do congelador nos 17 graus negativos. Esta é a primeira medida para evitar que as bactérias se desenvolvam, para prevenir doenças e conservar os alimentos por mais tempo. De seguida fique a saber mais sobre como deve organizar o frigorífico e prepare-se para ser surpreendido.

6 Dicas para organizar o frigorífico


1. É importante que não sobrecarregue as prateleiras. No frigorífico, ao contrário do congelador, o ar frio precisa circular, para manter a temperatura constante, por isso, deixe alguns espaços abertos.

2. Conserve tudo dentro de embalagens, frascos, sacos ou envolvidos em película aderente. Ao guardar queijo, carne ou peixe sem estar devidamente embalados vão acontecer três coisas: os alimentos secam, as bactérias propagam-se e o seu frigorífico fica a cheirar muito mal.

3. Lave as frutas e legumes antes de os guardar no frigorífico para que não levem bactérias consigo. Guarde os legumes dentro de sacos de plástico, com um folha de papel de cozinha dentro para absorver a humidade. Isto prolonga a vida das frutas e legumes.

4. Como no resto da casa, uso cestos arejados para ganhar espaço e manter algumas coisas mais arrumadas e fáceis de aceder. 

5. Limpe o frigorífico uma vez por mês uma mistura de 2 colheres de bicarbonato de sódio para cada ¼ de água quente. Não é aconselhável usar detergentes porque os alimentos podem absorver o cheiro. Coloque alguns grãos de café para eliminar os odores.

6. Quanto ao congelador, o maior cuidado diz respeito ao tempo que os alimentos podem ser conservados. Guarde os alimentos envoltos em papel vegetal e película para que se conservem melhor e indique sempre a data em que os congelou.


Veja também: Como limpar o frigorífico de forma simples e eficaz

 

Onde guardar o quê

Os alimentos que não precisam de ser cozinhados, como refeições pré-cozinhadas, embalados, bebidas e conservas, restos, ervas aromáticas (num copo com água tapadas com um saco plástico) ou charcutaria devem ser guardados nas prateleiras superiores onde é temperatura é mais constante. 

Nas prateleiras mais baixas e mais frescas, guarde carne crua, ovos, marisco, laticínios e outros alimentos semelhantes que devem ser conservados a temperaturas mais baixas. Contudo, não misture a carne crua com os restantes alimentos, guarde-a em embalagens para prevenir a contaminação e manter a frescura. 

As frutas, legumes e hortaliças devem ser guardados nas gavetas, porém, mantenha a fruta separada das restantes. Na porta, guarde apenas os alimentos resistentes às variações de calor, como os sumos, água, conservas ou molhos e condimentos de compra, por exemplo.
 

O que não deve guardar no frigorífico

O tomate e o abacate devem ser guardados à temperatura ambiente porque o ar frio impede o seu amadurecimento, penalizando o seu sabor e a textura. 

Batatas, cebolas e alhos não gostam da humidade do frigorífico pelo que devem ser guardadas em ambientes frescos, secos e escuros, para evitar que fiquem duras e podres.

Pão e café também não devem ser guardados no frigorífico. O primeiro vai secar e o segundo vai perder o sabor e absorver todos os odores dos restantes alimentos. Ambos podem ser congelados. 

O manjericão é uma erva muito frágil e difícil de conservar mas o frigorífico é o pior local para o fazer. Tenha-o num copo com água fresca em cima da bancada da cozinha. Mas há mais alimentos que não deve guardar no friogrífico.


Veja também: