Plano de Saúde Medicare

Gratuito durante 6 meses!

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt

Saber mais

Os 5 alimentos que não dão energia

Estes alimentos são verdadeiros sugadores de vitalidade. Conheça a lista dos 5 alimentos que não dão energia.

Os 5 alimentos que não dão energia
Conheça os culpados!

Sente-se sem energia e sem vontade de fazer o que quer que seja? Está provado que há alimentos que não dão energia e a culpa pode muito bem ser de alguns alimentos que anda a ingerir e que são piores do que vampiros no que toca a “sugarem-lhe” energia.

 

5 alimentos que lhe estão a sugar toda a energia

 

1. Fritos

Não é só ao coração e à pressão arterial que os alimentos fritos fazem mal. Este é também um dos tipos de alimentos que não dão energia, bem pelo contrário! Por ter propriedades inflamatórias, os fritos são responsáveis pelo inchaço das células de gordura (principalmente na região abdominal), provocando também uma grande resistência à insulina. Tudo isto resulta numa grande fadiga, falta de energia e menor absorção dos nutrientes presentes nos alimentos.

 

2. Hidratos de carbono simples

Os hidratos de carbono simples (pão branco, massa à base de farinha branca...) são um verdadeiro ataque à sua energia. Ao contrário dos hidratos complexos, que têm muitas propriedades benéficas, este tipo de alimentos, quando ingeridos, apesar de proporcionarem imediatamente uma sensação de energia (pela transformação do hidrato em glicose), esta é extremamente passageira. Logo, ficará a sentir-se ainda mais cansado e pior ainda... continuando com fome e com vontade de comer o que não deve!

 

3. Doces

O que acontece com os hidratos de carbono simples acontece também com os açúcares. Assim que os consome fica com uma ilusão de energia, mas logo que esse pico baixa, vai sentir-se sem energia para fazer o que quer que seja. Além disso, este tipo de alimentos que não dão energia, quando ingeridos em excesso, aumentam os níveis de insulina, triglicerídeos e gordura na região abdominal.

E a leptina, já ouviu falar? Esta hormona é responsável por controlar as células adiposas. O consumo de açúcar gera uma disfunção corporal, cria resistência a esta hormona e promove o cansaço e fadiga. Porque não substitui o açúcar por mel?

 

4. Carnes vermelhas e com gordura

Se é verdade que necessitamos de proteína na nossa alimentação diária, também é certo que quando essa ingestão vem associada às carnes vermelhas com muita gordura, o resultado não vai ser muito benéfico. As carnes vermelhas e gordurosas são um dos alimentos que não dão energia porque exigem um grande tempo de digestão que pode ser tão lento que acaba por provocar sonolência.

Isto acontece porque toda a energia do corpo é canalizada para o estômago, tentando metabolizar os nutrientes da carne. Quem nunca ficou a sentir-se sem energia depois de um bom churrasco?

 

5. Bebidas alcoólicas

Além de possuírem um índice glicémico elevadíssimo, com as chamadas calorias “vazias” (sem qualquer valor nutricional), o álcool em excesso, sobrecarrega o fígado e impede o seu bom funcionamento. Uma das funções do fígado passa exatamente pela eliminação das toxinas do nosso corpo que, a longo prazo, impedem os mecanismos energéticos.

Além disso, as bebidas alcoólcias limitam o processo de absorção de vitaminas do complexo B, principalmente a tiamina (vitamina B1), muito responsável pela criação de energia para o corpo.

Veja também: