PLANO DE SAÚDE MEDICARE - 6 mensalidades sem compromisso

Tudo sobre os ovários policísticos

Os ovários policísticos ou poliquisticos são uma doença que consiste na presença de múltiplos quistos nos ovários por uma desregulação do ciclo ovulatório.

Tudo sobre os ovários policísticos
Deixe cair o mito de que não é possível engravidar!

Certamente já ouviu falar no SOP - síndrome dos ovários policísticos ou poliquísticos - e quando ouve falar neste nome, grande parte das mulheres até treme pois associa imediatamente à impossibilidade de conseguir engravidar.

Antes de desmistificarmos essa ideia pré-concebida, vamos tentar explicar em que consiste exatamente um ovário policístico.  Pode haver maior dificuldade, mas há esperança, não é impossível!


O que é um ovário policístico

Um ovário policístico, tal como indica o nome, é um ovário que tem tendência para desenvolver pequenos quistos. Durante o ciclo menstrual de uma mulher, em determinada altura são produzidos uns pequenos folículos que são o que vão possibiltar a futura fecundação. Caso não sejam fecundados, são depois eliminados com o período menstrual.

No caso das mulheres com o SOP, os folículos não conseguem crescer até um tamanho suficiente para permitir a ovulação e posterior fecundação, e muitas vezes não são eliminados pela menstruação, ficando assim com pequenos quistos nos ovários.

É muito importante fazer uma diferenciação: ter ovários policísticos não significa que tenha quistos nos ovários, mas sim que existe um grande número de folículos menores do que 10mm nos ovários em estado de repouso, número muito superior ao número de folículos num ovário em estado “normal”.
 

Causas

Não são totalmente conhecidas as causas dos ovários policísticos. O que se sabe é que cerca de 10% de mulheres apresentam este síndrome devido a fatores hereditários, sendo o fator genético bastante forte.

Além disso, especialistas descobriram também que mulheres com esta doença têm níveis de testosterona (hormona masculina) bastante elevada e têm também os níveis e glicose alterados.


Sintomas dos ovários policísticos

Os principais sintomas dos ovários policísticos são os seguintes:

  • Ciclo menstrual irregular;
  • Pele e cabelo oleosos;
  • Dificuldade em engravidar;
  • Desenvolvimento de acne;
  • Excesso de peso ou obesidade;
  • Níveis de glicose no sangue elevados;
  • Excesso de testosterona;
  • Excesso de pêlo;
  • Colesterol elevado;
  • Hipertensão;
  • Aumento de pigmentação da pele;
  • Apneia de sono.

Em qualquer dos casos, deve sempre consultar o seu médico para um diagnóstico mais preciso e para que lhe seja possível prescrever o tratamento mais adequado.

 

Tratamento da SOP

Existe uma grande taxa de sucesso no controlo dos ovários policísticos (pois a cura total não existe). A maior parte das vezes basta recorrer a medicamentos como anticoncecionais.

No caso das mulheres que desejam engravidar, existem medicamentos que induzem a ovulação, de forma a facilitar a ovulação.

Além disso, é importante manter uma atividade física e não ter excesso de peso para não interferir com os efeitos da medicação tomada.

Veja também: