Os países europeus que mais investem em startups

Conheça os países europeus que mais investem em startups. Um ranking dominado, neste momento, pelo Reino Unido.

Os países europeus que mais investem em startups
A lista é da empresa inglesa de consultoria EY.

Quem o diz é a consultora EY, que se baseia na queda dos investimentos da primeira metade de 2015 quando comparados com o mesmo período de 2016. Conheça os países europeus que mais investem em startups segundo um estudo conduzido pela consultora.
 

Top 7 dos países mais investidores em startups na Europa

 

1. Reino Unido

Se na primeira metade de 2015 foram investidos 1,446 mil milhões de euros nas startups, no mesmo período de 2016 foram investidos 2,194 mil milhões de euros. A principal cidade no mercado, neste momento, é Londres, com 1,3 mil milhões de euros de investimento, o que corresponde a um aumento de 289 milhões de euros.
 

2. Suécia

Na Suécia destaca-se Estocolmo como cidade principal no mercado das startups, investindo um pouco mais do que 1 mil milhões de euros. Do ano passado para este ano a Suécia cresceu 176 mil milhões de euros (sendo que em 2015 foram feitos apenas 872 milhões de euros e este ano foram feitos 1,048 mil milhões).
 

3. Alemanha

Aquele que era o país que mais investia em startups passa agora para terceiro lugar, com um decréscimo de 1,028 mil milhões de euros, passando de 1,985 para 957 mil milhões de euros da primeira metade de 2015 para a primeira metade de 2016. Berlim continua a ser a cidade mais importante neste aspeto, investindo 520 milhões de euros.
 

4. França

Só em Paris são investidos 673 milhões de euros em startups. No geral foram investidos, na primeira metade de 2016, mais 205 milhões de euros, passando de 759 para 964 milhões de euros de investimento.
 

5. Espanha

É verdade, apesar da crise económica, o país vizinho é o quinto classificado nesta lista dos sete países europeus que mais investem nas startups. O aumento foi significativo, de 60 para 248 milhões e Madrid investiu 149 milhões de euros neste mercado.
 

6. Irlanda

O aumento foi de 169 milhões de euros em investimento nas startups, sendo que na primeira metade de 2015 a Irlanda investiu 69 milhões e em 2016 investiu 238 milhões. Segundo a mesma análise, só em Dublin, a capital, foram investidos 229 milhões de euros.
 

7. Holanda

A Holanda investiu o suficiente para ainda entrar neste Top 7 dos países europeus que mais investem nas empresas startups. Se em 2015 investiu 49 milhões, em 2016 cresceu exponencialmente e investiu 199 milhões. E não, não é a capital Amesterdão que ganha o prémio de cidade mais importante neste mercado, mas sim Naarden, com 88 milhões de euros investidos.


Veja também: