Os 10 países mais pacíficos do mundo em 2016

Sim, a violência anda na ordem do dia. Mas ainda há países que olham para os índices que realmente importam.

Os 10 países mais pacíficos do mundo em 2016
A Islândia mantém-se no topo da lista

O Global Peace Index 2016 do Instituto para a Economia e Paz já é conhecido e não há muitas alterações em relação ao ano anterior quanto aos países mais pacíficos do mundo. A ideia é avaliar cerca de 160 países em 22 indicadores que incluem crimes violentos, relações com países vizinhos e até a ausência (ou presença) de guerra.

Os primeiros 5 países mantêm as suas posições no ranking em relação ao ano anterior. 


O top 10 dos países mais pacíficos em 2016


Islândia

A Islândia é o país mais pacífico do mundo. Tem o maior nível de democracia, igualdade de género, taxa de literacia a rondar os 99% e não existem propinas para a educação.



Dinamarca

A Dinamarca lidera a lista dos países mais felizes do mundo. As razões? A alta taxa de literacia e um sistema de saúde muito avançado. Além disso, é um dos mais evoluídos no que diz respeito à igualdade de género.



Áustria

Conhecida pela limpeza das duas cidades e pela baixa taxa criminal, a Áustria é um dos países mais ricos do mundo. O seu turismo gera milhões de euros e uma quantidade enorme de culturas no mesmo metro quadrado.



Nova Zelândia

Tem uma das mais baixas taxas de prisão do mundo e é um dos países com melhores relações com os países vizinhos. O seu sistema judicial é muito independente e forte e um sistema educacional e de saúde de primeira classe.



Suíça

A frase “ser neutro como a Suíça” tem algum fundamento. Na verdade, um dos países mais centrais da Europa mantem-se bem longe da realidade das guerras, conflitos e episódios violentos.



Finlândia

A Finlândia é o país menos corrupto do mundo graças à forte estrutura legal. Além disso, o seu exército só participa em missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

 

Canadá

Os habitantes do Canadá são conhecidos por serem das pessoas mais simpáticas do mundo. Afinal não é mito, e é muito graças à satisfação dos habitantes em relação à sua vida (estudos dizem que a sua satisfação é de 7.6 numa escala de 10) e ao seu nível educacional.

 

Japão

Tecnologicamente muito evoluído, o Japão também é conhecido pelas suas capacidades apaziguadoras. Aliás, o seu exército só existe para casos de segurança interna e nem sequer têm militares profissionais, mesmo sendo a terceira potência económica mundial.



Austrália

Bom tempo, boas infraestruturas, maravilhas da natureza e um dos melhores sistemas de educação do mundo. A Austrália pode ser descrita assim, mas há muito mais: tem uma das mais baixas taxas de roubos, crimes sexuais e homicídios. Graças à sua população muito diversificada, nenhum turista se sente um estranho por aqui.



República Checa

Este país europeu partilha fronteiras com a Áustria, Alemanha, Eslováquia e Polónia. Tem no turismo uma das suas maiores indústrias e Praga, a capital, é uma das cidades mais visitadas da Europa. O índice criminal é muito baixo e os meios de emergência são muito eficazes.

Veja também: