Países para viajar sozinho: descubra os 10 melhores

Quer partir numa aventura a solo? Mostramos-lhe alguns dos destinos mais seguros e amigáveis para visitar. Descubra os melhores países para viajar sozinho.

Países para viajar sozinho: descubra os 10 melhores
Às vezes, a sua pode ser mesmo a melhor companhia

São muitos os que afirmam que experimentar novas aventuras a solo é a melhor maneira de ver e descobrir o mundo, enquanto outros querem experimentar pela primeira vez. A pensar nisso, revelamos os 10 melhores países para viajar sozinho.

Esta é uma boa forma de experimentar o mundo, sem a influência dos gostos, preconceitos ou preferências de um amigo ou parceiro, permitindo guiar-se pelo que quer e deseja. Mas, será que partir à aventura por estes países, viajando sozinho, pode ser algo perigoso? Sabendo que há países que são estatisticamente menos seguros do que outros para os viajantes, elaboramos uma lista para revelar os melhores destinos.

Para tal, foram tidos em conta os números do Índice de Paz Global, que classifica 162 países por sua tranquilidade, e o Índice do Planeta Feliz, que analisa o impacto ambiental e o bem-estar humano em 151 países para medir onde as pessoas vivem vidas longas e felizes.

10 melhores países para viajar sozinho


Os 10 melhores destinos para viajantes individuais representam uma incrível mistura de geografia, culturas, línguas e costumes radicalmente diferentes. A segurança e a felicidade prevalecem em todos eles. Descubra quais são.

1. Nova Zelândia

nova zelândia

Ranking de segurança: 4

Ranking de felicidade: 24

Na Nova Zelândia, o cenário exuberante dos filmes do Senhor dos Anéis, os viajantes podem viver muitas e boas aventuras nos glaciares, nas florestas tropicais e nos picos dos Alpes do Sul. Pelo meio, ainda pode praticar bungee jumping e fazer caminhadas no lendário Milford Track, onde poderá conhecer melhor um dos povos mais hospitaleiros do mundo.

2. Noruega

norway

Ranking de segurança: 10

Ranking de felicidade: 22

A melhor maneira para os viajantes individuais experimentarem um país caro e grande é a bordo de um dos “hurtigruten”, um barco que parece uma mistura entre os quebra gelos e os barcos de cruzeiro, e que percorre toda a costa da Noruega. Desde a cidade de Bergen, percorra alguns dos mais belos fiordes do país, parando em dezenas de portos ao longo do caminho. Não é uma viagem acessível, mas lembre-se: a aurora boreal, um dos espetáculos de beleza natural mais bonitos do mundo, é totalmente gratuita.

3. Suíça

switzerland

Ranking de segurança: 5

Ranking de felicidade: 30

A Suíça é um lugar conhecido pela sua imparcialidade, neutralidade, por somar pessoas que se ocupam da sua própria vida e, também, pelos negócios. Por isso, esta é uma escolha natural para viajar sozinho. Entretanto, aconselhamos a comprar um “Swiss Rail Pass”, que lhe permite andar de comboio, elétrico e barco.

Inicie a viagem na majestosa capital Zurique e, em seguida, rume para o sul, até às margens do Lago de Genebra. Aproveite a vida noturna e os museus – de Montreux e Lausanne – antes de continuar para a região do Ticino, onde já ouvirá a língua italiana.

4. Costa Rica

costa rica

Ranking de segurança: 42

Ranking de felicidade: 1

Surpreendentemente, neste ranking a Costa Rica aparece como o país mais feliz do mundo. Este destino da América Central tem atraído, principalmente, o povo americano desde há muitos anos, que procura percorrer a costa do Pacífico e aproveitar as atividades nos rios Reventazón ou Pacuare.

5. Áustria

austria

Ranking de segurança: 3

Ranking de felicidade: 42

Pequena e encantadora, Viena é uma das cidades europeias mais fáceis de descobrir – e já agora, de se apaixonar. Seja a viajar sozinho ou acompanhado, descubra as salas de concerto mundialmente conhecidas, onde a música não apenas se ouve, mas vive-se e respira-se. Depois, alimente a alma nas dezenas de museus e o corpo nos muitos cafés, que convidam ao relaxe e descanso.

A rede ferroviária austríaca funciona praticamente na perfeição e tem uma grande cobertura do terreno, o que lhe permite descobrir o país de forma bem simples.

6. Vietname

vietname

Ranking de segurança: 45

Ranking de felicidade: 2

A vida nas ruas vietnamitas é colorida, agitada, mas bastante segura nas principais cidades. Quer decida explorar o mercado de Ben Thanh, em de Ho Chi Minh, ou o Dong Xuan, em Hanoi, deve é preparar-se para que todos os seus sentidos sejam assaltados pelos cheiros, cores e texturas únicas. Junte-se aos praticantes de tai chi no lago Hoan Kiem, bem antes de se dirigir para as montanhas das Terras Altas Centrais – de preferência, para uma caminhada acompanhada com um guia turístico.

Termine a estadia na ilha de Phu Quoc, para apreciar o clássico estilo de vida de praia no Sudeste Asiático.

7. Chile

chile

Ranking de segurança: 30

Ranking de felicidade: 19

Os chilenos são um povo amigável e acolhedor, o que o torna num dos melhores países para viajar sozinho. Dá mesmo vontade de descobrir este país de desertos, montanhas e litorais infinitos – seja no deserto mágico de Atacama, a Norte, ou na Ilha Chiloé, a Sul.

Não nos podemos mesmo esquecer de salientar a incrível Patagónia, com toda a vida natural e animal que só estamos habituados a testemunhar nos documentários de televisão.

8. Japão

japan

Ranking de Segurança: 8

Ranking de felicidade: 48

Depois de alguns dias na fascinante, cosmopolita e moderna cidade de Tóquio, faça um passeio pelo Monte Fuji para experimentar a tranquilidade contrastante de Quioto. Os alojamentos, sejam pousadas ou hotéis mais modernos, são pensados, precisamente, para as pessoas que viajam sozinhas. Não se iluda pela limitação de espaço e fique certo de que apresentam todas as comodidades essenciais.

9. Suécia

sweden

Ranking de segurança: 11

Ranking de felicidade: 45

É fácil ser um viajante a solo em Estocolmo, uma cidade compacta cercada pelas águas do arquipélago. As atividades para desfrutar da cidade e aproveitar melhor o tempo são muitas: andar de caiaque, alugar uma bicicleta, passear pelos inúmeros parques da cidade ou sentar-se numa qualquer esplanada. Aproveite para observar a calma e bem-estar do povo nórdico – com a qual, aliás, temos muito a aprender.

10. Indonésia

indonésia

Ranking de segurança: 54

Ranking de felicidade: 5

Este é, sem margem para dúvidas, um dos melhores países para viajar sozinho – ou a dois, em família, entre amigos. Templos, yoga na praia, comida barata, hospedagem acessível e massagens por todo o lado. Precisa de mais motivos para se aventurar a descobrir a incrível Indonésia? Então, lembre-se de Bali, que deve ser o mais parecido com o paraíso na terra.

Certifique-se de ser muito prático na elaboração da mala, optando, por exemplo, por uma mochila – pela facilidade de transporte e por ser mais seguro. Depois, é só partir à aventura e descoberta de um dos 10 melhores países para viajar sozinho.

Veja também: