Publicidade:

O pão engorda: mito ou verdade?

O pão é um alimento simples, delicioso e versátil, indispensável para a maioria das pessoas. No entanto, há uma dúvida que persiste: o pão engorda ou não?

O pão engorda: mito ou verdade?
O pão é um bom alimento para todas as idades

Em tostas, em torradas, em sandes ou simples: são várias as formas de comer pão todos os dias. No entanto, muitas são as pessoas que abdicam deste alimento por considerarem que é nocivo para as dietas de emagrecimento. A verdade é que a ideia de que o pão engorda é bastante generalizada, mas poderá não estar correta.

Descubra se o pão engorda ou não


pao engorda

É um alimento acessível e presente em todos os supermercados, mercearias e padarias. Graças à crescente preocupação com a alimentação, existem cada vez mais opções com maiores benefícios para a saúde e com baixo teor de sal.

No entanto, faz-se acompanhar de uma dúvida persistente: deixar, ou não, por completo o pão para conseguir emagrecer? Mas e se lhe dissermos que não tem de o fazer?

Este é um alimento com enorme valor para a saúde, na medida em que, graças aos cereais que o constituem, fornece vários nutrientes essenciais para o nosso corpo e dia a dia. Não é, aliás, por acaso que o pão é um dos alimentos mais consumidos ao pequeno-almoço.

Proteína, fibra, vitaminas do complexo B e propriedades antioxidantes são apenas alguns dos benefícios do pão. É, também, uma ótima fonte de hidratos de carbono, pelo que se apresenta como uma boa opção para garantir que tem energia ao longo do dia.

Posto isto – respondendo à dúvida sobre se o pão engorda – claro que como qualquer hidrato de carbono obriga a algum cuidado para não haver consumo em excesso. Curiosamente, um pedaço de 50g de pão tem menos calorias e açúcar do que seis bolachas Maria, por exemplo. É, portanto, errado pensar que para não engordar é necessário abdicar por completo do pão.

A verdade é que, desde que com moderação, o pão pode até estar presente em mais do que uma refeição por dia.

Os tipos de pão


Agora que está mais esclarecido quanto à questão “o pão engorda ou não” e já sabe que o pão é tão nocivo como qualquer outro hidrato e que, afinal, não é sinónimo de aumento de peso, está na altura de saber quais as melhores opções.

De facto, as propriedades deste alimento dependem dos cereais utilizados na sua composição pelo que a escolha de cada pessoa influencia os resultados obtidos.

Pão branco

pao

Este pão é feito a partir de farinha de trigo refinada e tem baixo teor de fibra e de gordura. Apesar de ser de fácil digestão, apresenta índice glicémico alto, pelo que não será a melhor opção (especialmente da parte da tarde e à noite).

Pão de mistura

Geralmente, tem mais nutrientes do que o pão branco, já que resulta da mistura de uma farinha refinada com outro tipo de farinha (centeio ou integral, por exemplo). É de fácil digestão, tal como o pão branco, mas tem maior teor de fibra e um índice glicémico mais baixo.

Pão integral

pao

O pão integral é elaborado a partir de farinhas integrais e, por isso, pode ter até quatro vezes mais fibra do que os restantes tipos de pão, pelo que ajuda no bom funcionamento dos intestinos. Regula os níveis de açúcar e colesterol, possui um baixo índice glicémico e permite uma absorção mais lenta dos nutrientes.

Importa ainda referir que, habitualmente, o pão mais escuro é melhor para a saúde porque resulta de uma farinha menos processada.

Pão de centeio

Resulta de uma mistura de farinhas, sendo que cerca de 50% é de centeio. É um pão com um teor de fibra superior ao do pão branco e ao de mistura, fornecendo também pouca proteína e gordura.

Pão de cereais

pao de cereais

Semelhante ao pão integral na escolha de farinha, o pão de cereais vê acrescentadas sementes à sua composição. A escolha de sementes pode ir desde à linhaça à chia e tem como resultado o aumento da quantidade de ómega 3 presente neste alimento. É um pão com teor de fibra elevado e um índice glicémico médio.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.