Publicidade:

Perfeccionista ou procrastinador? Saiba como identificar as diferenças

Ser perfeccionista ou procrastinador tem as suas vantagens e desvantagens. Saiba diferenciar as características e se deve procurar ajuda.

Perfeccionista ou procrastinador? Saiba como identificar as diferenças
Entenda os limites para aprender a viver melhor

Sou perfeccionista ou procrastinador? A dúvida, mais comum do que se pode imaginar, aflige principalmente aqueles que trabalham num ambiente de trabalho mais competitivo.

office

O que muitas pessoas não sabem é que um perfeccionista pode acabar por se tornar um procrastinador, mas que nem todo o procrastinador possui tendências perfeccionistas.

Afinal, o que significa ser perfeccionista ou procrastinador?


Um perfeccionista é, por definição, alguém que deseja obter um alto padrão de qualidade nas tarefas que executa e deseja sucesso e reconhecimento por elas. Apesar de ser considerado por muitos como uma qualidade, o perfeccionismo pode colaborar no desenvolvimento de condições como depressão e crises de ansiedade, por deixar o indivíduo num nível muito elevado de stress.

perfeccionista

Por outro lado, os procrastinadores não são vistos com bons olhos dentro de uma empresa. É estimado que 20% da população mundial sofra de procrastinação crónica, e apesar de não parecer, a condição pode atrapalhar não só a vida profissional, mas a pessoal também.

Um procrastinador pode ser inseguro ou pode apenas não ter noção de tempo. Muitas vezes são pessoas com dificuldades para se manterem concentrados por muito tempo, ou são indivíduos que possuem algum grau de deficit de atenção.

No entanto, procrastinadores também sofrem com a ansiedade e a depressão, pois muitas vezes criam desdobramentos desnecessários para cada tarefa e assim acabam por deixar o resto do processo para ser concluído depois.

Por isso é importante entender algumas das diferenças e características destas condições antes de rotular-se ou rotular outra pessoa como perfeccionista ou procrastinador.

Saber identificar entre um perfeccionista ou procrastinador, exige cautela e, no caso da análise ser pessoal, um pouco de autoconhecimento.

office

Perfeccionista

  • Tem dificuldade em aceitar o fato de não ser o melhor;
  • Evita aceitar tarefas onde sabe que não será o melhor;
  • Prefere desistir de um desafio por achar que não vai realizá-lo perfeitamente;
  • Sacrifica o próprio bem-estar para entregar tudo perfeito, como perder noites de sono ou ficar sem comer para finalizar alguma coisa no prazo estipulado;
  • Gosta de agradar as outras pessoas e espera sempre que elas reconheçam o seu mérito em concluir uma tarefa;
  • Fica aliviado quando outra pessoa falha;
  • Acha que pedir ajuda para realizar um trabalho é sinal de fraqueza;
  • Precisa de se sentir no controlo das situações, em todos os âmbitos da vida.

Procrastinador

  • Tem dificuldades em adaptar-se a mudanças e transições. Por exemplo, no caso profissional, o encerramento de um projeto e o início do planeamento de outro;
  • Sente-se perdido sem um cronograma ou roteiro para as tarefas;
  • Está sempre, cronicamente, atrasado;
  • Foca mais nas tarefas não essenciais do que nas tarefas que precisam ser concluídas mais rapidamente.

Veja também: