Publicidade:

6 tipos de pessoas que deve deixar de seguir no Facebook

Os benefícios e malefícios das redes sociais são analisados frequentemente. Personalizar a sua experiência é a chave. Saiba quem não deve seguir no Facebook.

6 tipos de pessoas que deve deixar de seguir no Facebook
Melhore a sua experiência de utilizador no Facebook

As redes sociais, do Facebook ao Twitter, passando pelo Instagram e pelo Snapchat, são ferramentas úteis e instrumentos de procrastinação. É sabido que um determinado tipo de utilização, especialmente no que toca ao tipo de conteúdos a que estamos expostos, tem efeitos negativos na saúde mental dos utilizadores. Saiba quem não seguir no Facebook para salvaguardar a sua experiência.

Uma utilização moderada do Facebook parece ser a chave para uma vida social virtual saudável. Torna-se, por isso, imperativo personalizar o tipo de conteúdos, pessoas e páginas a que nos expomos, cujos pensamentos diários lemos e cujas fotos comentamos.

3 boas razões para limpar o seu feed do Facebook


pessoas que deve deixar de seguir no Facebook

Acha que está a seguir pessoas, ou é mesmo “amigo” delas, só porque sim? Felizmente, existe a funcionalidade, no Facebook, de deixar de seguir as publicações de determinado utilizador, sem o eliminar da lista de amigos. Esta ação pode prevenir o ferimento de suscetibilidades, com consequências menos agradáveis na vida real.

Mas a “limpeza” do feed é algo que deve ser feito com frequência. Porquê?

1. Gasta o seu tempo em redes sociais com quem realmente lhe interessa;

2. Dessa forma, não desperdiça o tempo que dedica a este tipo de atividade;

3. Poupa energia emocional e reduz sentimentos de ansiedade e stress: estar constantemente exposto às vidas (aparentemente) perfeitas de outras pessoas nas redes sociais; pessoas que provavelmente nem conhece bem pessoalmente.

Quem não seguir no Facebook


A maior rede social do mundo, o Facebook, oferece a possibilidade de deixar de seguir uma determinada pessoa sem o eliminar da lista de amigos e também esconder publicações.

A seta que abre o menu no canto superior direito da publicação oferece-lhe essa possibilidade. Pode também abrir o perfil específico e selecionar a opção de não seguir determinadas publicações.

Contudo, se não seguir no Facebook não for suficiente, olhe pelo seu bem-estar e elimine essa pessoa, retire o gosto de determinada página e saia do grupo que já não suporta.

deixar de seguir no facebook

1. Extremistas políticos

Toda a gente tem direito a ter os seus ideais e pontos de vista, todos temos direito a defender a ideologia política com que nos identificamos. Mas também aqui a moderação é importante.

O tipo de utilizador que quase age como presidente do partido e que passa o dia a atacar quem pensa de maneira contrária de forma desagradável e tóxica não contribui para uma discussão saudável.

2. Extremistas religiosos

O mesmo se aplica à religião e de uma forma ainda mais delicada. Sobretudo pessoas que usam o Facebook como plataforma para julgar outros, publicamente, de acordo com determinadas crenças religiosas. Intolerância de qualquer tipo é um comportamento tóxico.

3. Pessimistas

Comportamentos e atitudes negativas nas redes sociais não faltam, seja por ação ou consequência. Existe uma diferença entre ter um amigo cujos posts e atividade nas redes sociais possam fazer com que preste mais atenção e estar constantemente exposto a energia negativa.

4. Pessoas com quem já não fala

Uma forma simples de limpar a feed é não seguir no Facebook pessoas com quem já não tem qualquer tipo de ligação, que conheceu apenas uma vez e com quem não partilha interesses ou quem já nem sabe bem porque adicionou. Esta ação limpa o caminho para ler e ver o que realmente interessa.

5. Quem se gaba demasiado

Ou quem parece ter uma vida demasiado perfeita, ou quem o faz sentir mal com o que vive e tem neste momento. Se passa o tempo no Facebook a comparar-se com estas pessoas, não vale a pena segui-las. Inspiração e inveja são duas coisas muito diferentes. E já diz o ditado: “Muita parra, pouca uva.”

6. Temas ou pessoas que já não lhe interessam

Pode não seguir no Facebook páginas e grupos cujos temas já não lhe interessam. Hobbies, filmes, celebridades, páginas de notícias… Mais uma vez, limpar o feed permite-lhe estar a par dos temas que realmente lhe interessam.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.