Os 4 pijamas da Zara Home que a vão fazer querer ficar em casa

O tempo que passamos em casa serve não só para relaxarmos como para nos sentirmos bem. Por isso, escolher um pijama bonito é essencial ao nosso bem-estar no lar.

Os 4 pijamas da Zara Home que a vão fazer querer ficar em casa
Os pijamas mais bonitos da Zara Home

A Zara Home é símbolo de sofisticação aliado a um preço acessível. Mas, cada vez mais, a loja que começou por ser apenas de decoração, tem apostado em expandir as suas linhas para toda a casa. Isso inclui, claro, os pijamas.

Na verdade, recentemente, a marca lançou 4 pijamas que, além de confortáveis, são elegantes, perfeitos para nos sentirmos bem em casa, enquanto vemos uma série ou lemos uma revista. Afinal, a era de andarmos feias em casa acabou. A nossa casa é o nosso templo e, por isso, devemo-nos sentir bonitas quando estamos lá. Para que o desejo passe à prática, partilhamos os 4 pijamas da Zara Home que vai querer ter.

4 pijamas da Zara Home para comprar esta estação


Pijama de seda florido

pijama seda flores

Os pijamas de seda são o expoente máximo do conforto que se pode vestir e, por isso, um investimento. Este, da Zara Home vai fazê-la sentir-se ainda melhor quando estiver em casa.

Preço Camisa: 59,95€ Ver produto >> 

Preço Calças: 59,95€ Ver produto >>

Às riscas

pijama branco riscas pretas

Pijamas às riscas são sempre bonitos e este tem a vantagem de ser 100% algodão.

Preço: 19,99€ Ver produto >>

Azul claro com riscas grossas

pijama azul claro branco riscas grossas

A fazer lembrar os padrões de antigamente, este pijama tem uma cor suave e é delicioso ao toque. Perfeito para dormir e para as tardes de preguiça.

Preço: 19,99€ Ver produto>> 

Com riscas finas

pijama azul claro riscas finas branco

As mais sofisticadas vão amar este pijama com riscas de marinheiro. É a escolha ideal para noites que dão lugares a dias passados no sofá, enquanto lá fora chove.

Preço: 19,99€ Ver produto>> 

Veja também:

Catarine Martins Catarine Martins

Licenciada em Direito pela Universidade de Coimbra, trocou as leis pela escrita e a cidade dos estudantes pelo Porto. Pelo meio, transformou a eterna paixão pela moda num blog, o Le Fashionaire e assumiu, com orgulho, que o jogo das palavras é o seu preferido.