Portugal 2020: como candidatar-se?

Se tem ou quer ter um negócio e precisa de financiamento, saiba aqui como fazer a sua candidatura ao Portugal 2020.

Portugal 2020: como candidatar-se?
Portugal vai beneficiar de 25 mil milhões de euros até 2020

A ajuda que precisa para o arranque do seu novo negócio está aquiEspaços Coworking para pequenas empresas e freelancersE se o seu futuro lhe batesse à porta já hoje? E se começássemos a pensar o que pode acontecer em Portugal em 2020? Se antigamente falar no ano de 2020 nos parecia uma coisa um tanto ou quanto longínqua, hoje em dia percebemos que estamos apenas a quatro anos desta data que dá nome ao projeto Portugal 2020.

Mas o que é, afinal, o Portugal 2020? Este é um projeto que pode mudar o rumo de muitas pessoas.
 

Portugal 2020: o que é?

O Portugal 2020 já está a dar que falar e não é mais do que uma parceria criada entre Portugal e a União Europeia que vai benificiar de cinco fundos diferentes (FEDER, Fundo de Coesão, FSE, FEADER e FEAMP).
Esta junção visa ajudar o país a definir os princípios de programação que irão dar origem a uma política de desenvolvimento económico, social e territorial, tendo como principal objetivo promover o país entre 2014 e 2020. Este vem suceder o antigo Quadro Referência Estratégica Nacional (QREN), que vigorou entre 2007 e 2013.

Este programa caminha de mãos dadas com a Estratégia Europa 2020 que defende o crescimento estratégico, social e inclusivo.

 

Qual o montante?

Depois de ter definido os seus objetivos temáticos para estimular o crescimento e a criação de emprego, Portugal está a beneficiar de 25 mil milhões de euros até 2020 para por em prática as melhores propostasEste fundo será atribuído a cada um dos 16 programas operacionais, temáticos e regionais.

 

2 Passos essenciais antes de efetivar a sua candidatura

As candidaturas e os documentos necessários devem ser submetidas por via eletrónica através do Balcão 2020. A autenticação pode ser feita através do cartão de cidadão ou da assinatura digital.

Mas, antes de submeter a sua candidatura, não deve saltar as seguintes etapas:
 

1. Defina o projeto e os objetivos

Antes de pensar em qualquer outra coisa, deve analisar cuidadosamente as necessidades da sua empresa e perceber o que precisa de ser melhorado e de que forma pode evoluir ou expandir-se. Depois desta análise, estará em condições de definir o projeto inicial.
 

2. Identifique o Programa Operacional que melhor se adapta ao seu projeto

Depois de definir o projeto que melhor pode colmatar as necessidades da sua empresa, estará em condições de saber qual o Programa Operacional do Portugal 2020 a que se poderá candidatar para tentar conseguir financiamento. Para o ajudar nesta tarefa pode consultar na lista de objetivos temáticos e prioridades de investimento por cada Programa Operacional.
A correta identificação do Programa Operacional que melhor se enquadra ao seu projeto é fundamental para a provação da sua candidatura.

 

 

Como submeter uma candidatura?

 

1. Registe-se no Balcão 2020

Se já tem um projeto estruturado e já identificou o Programa Operacional em que se enquadra está em condições de avançar com a sua candidatura. Deve efetuar o seu registo no Balcão 2020 e, nesta fase inicial, ser-lhe-ão solicitados alguns documentos: certidão permanente, declaração de início de atividade, entre outros.

 

2. Reúna toda a informação e documentação necessária à sua candidatura

Além dos documentos solicitados aquando da inscrição, há outros documentos justificativos da sua candidatura que lhe serão solicitados. Como a elaboração de alguns é demorada, deve reuni-los atempadamente, de forma a evitar atrasos.

 

3. Tenho um plano do projeto

Os projetos têm várias fases de implementação, com a duração total de 24 meses. Desta forma, é fundamental que estruture um projeto, de maneira a conseguir concretizar todas as fases no tempo previsto.

 

4. Suporte-se na legislação e no guia do formulário para fazer a sua candidatura

Evite erros, seguindo as indicações do guia que acompanha cada formulário. É também importante que se suporte da legislação, para garantir que a sua candidatura segue todos os parâmetros legais.

 

5. Valide o formulário de candidatura

Os formulários eletrónicos dispõem de um mecanismo de validação, que detetam erros e falhas no preenchimento. Para que a sua candidatura seja submetida atempadamente e sem falhas, este passo é essencial.

 

6. Faça o upload dos documentos pedidos

Para suportar as informações que apresenta, deve fazer o upload dos documentos necessários.

 

7. Finalmente… Submeta a sua candidatura!

Quando submeter a sua candidatura online e dentro dos prazos, é gerado sempre um comprovativo de submissão, que deve guardar.

A preparação e o processo de candidatura demora entre dois a três meses.

 

O que deve saber

  • As candidaturas serão selecionadas segundo concurso e não através de convite;
  • Todas as candidaturas podem ser submetidas tanto a título individual, como no âmbito de projetos conjuntos, em parceria ou copromoção;
  • As candidaturas poderão ser apresentadas de forma espontânea ou em determinados períodos que forem indicados pelo Governo.

Para mais informações, consulte o Portal Portugal 2020.
Precisa de dinheiro para começar um novo negócio? Agora é fácil! >>
Veja também: