9 dicas para poupar dinheiro ao mudar de casa

É possível poupar dinheiro ao mudar de casa? Claro que sim! Tome nota das nossas nove dicas e comece uma nova vida sem dívidas.

9 dicas para poupar dinheiro ao mudar de casa
Não fique falido na mudança

A não ser que vá apenas mudar de andar no seu prédio, algumas dicas poupar dinheiro ao mudar de casa são bem-vindas, certo?

Seja porque vai estudar noutra cidade, tem um novo emprego no outro extremo do país ou porque decidiu começar uma nova vida num outro país, mudar de casa, implica várias despesas. Algumas são contornáveis, outras nem por isso, mas para poupar dinheiro ao mudar de casa temos algumas dicas muito eficazes.
 

9 ideias para poupar dinheiro ao mudar de casa 


1. Faça sozinho

Pode contactar uma imobiliária para que o ajudem a encontrar a casa dos seus sonhos dentro do seu orçamento, porém, saiba que esta opção inclui uma ligeira inflação no preço, seja para compra ou arrendamento. Se, em vez disso, pesquisar em páginas como o Sapo Imóveis, por exemplo, ou procurar chegar à fala com o proprietário do imóvel, pode poupar entre 4% a 5% no valor da compra.
 


2. Negoceie a mudança

Neste caso, falamos para aqueles que vão mudar de casa por motivos profissionais. Se foi colocado numa outra cidade pela sua empresa, negoceie essa mudança com os seus superiores. O pior que lhe pode acontecer é receber um “não” mas também é possível que lhe cedam alojamento ou, pelo menos, assegurem uma parte dos custos.
 


3. Venda o que não precisa

Ao longo da vida acumulámos muita coisa que, verdade seja dita, nem sempre é fundamental. Se está a precisar de poupar dinheiro ao mudar de casa, faça uma limpeza nos seus armários para perceber aquilo que não precisa levar consigo e que está em bom estado para vender. Não só ganha dinheiro como pode poupar em transportadoras e bagagens já que menos peso e menos malas é igual a uma fatura mais leve.
 


4. Corte nos serviços

Não faz sentido continuar a pagar contas que não são essenciais para a sua sobrevivência nos últimos tempos antes da mudança até porque, ao deixar tudo para a última, pode esquecer-se de cancelar alguns serviços. Antes de mudar de casa, corte nos serviços que possam ser supérfluos, nomeadamente, televisão, internet e telefone. Mantenha o telemóvel e o pacote de dados para se manter conetado e atualizado.
 


5. Não compre caixas!

Sabemos que é muito mais bonitinho ter caixas todas iguais para empacotar as suas coisas mas… tem a certeza que precisa desse custo? Fale com amigos, vizinhos e familiares que, por certo, têm várias caixas e cestos que lhe podem ceder para poupar dinheiro ao mudar de casa. Acha que não fica assim tão caro? Na loja sueca, duas caixas para embalar, com capacidade para 62 litros, custam 4,99€. De quantas vai precisar? Faça bem as contas!
 


6. Use o que tem

Reutilize o que já tem em casa para embalar peças mais delicadas, como copos ou equipamento tecnológico, por exemplo. Revistas, jornais, sacos do supermercado ou toalhas, panos e lençóis são ótimas soluções para embalar as coisas e não implicam quaisquer custos extra. Se não tem nada disto, por certo algum familiar ou amigo terá a mais.
 


7. Faça você a limpeza

Se vai mudar para uma casa que sofreu obras, pode ser assustador pensar em todos aqueles vidros e loiças sanitárias para limpar. Mas, a sério, não se trata de ciência quântica e qualquer pessoa é capaz de se livrar de um pouco de pó. Abra as janelas para arejar e limpe uma divisão de cada vez, ou seja, uma por dia, e vai ver que não só é simples como fica pronto mais cedo do que imagina.
 


8. Peça ajuda!

Se a distância for relativamente pequena, peça ajuda a familiares e amigos. Assim escusa de contratar uma empresa de mudanças ou alguém para lhe limpar a casa. No final, será mais uma tarde de convívio entre todos e, depois, paga-lhes o favor com um jantar que é só mais uma desculpa para juntar aqueles de quem mais gosta.
 


9. Compre usado

Se está a precisar de alguma mobília, em páginas como o OLX, o Custo Justo, em grupos no Facebook ou em feiras semanais ou de usados é muito possível que encontra exatamente o que procura a um preço muito mais simpático. E se as coisas estão a precisar de alguma reparação, nada que uma lixa e um pouco de tinta ou verniz não resolvam. Não tenha pressa em decorar, porque assim terá uma casa poupada e muito mais personalizada.

Veja também: