Como poupar na alimentação em férias: 5 dicas

Aprenda como poupar na alimentação nas férias, através de 5 dicas simples, mas que vão fazer toda a diferença no orçamento familiar.

Como poupar na alimentação em férias: 5 dicas
Conselhos para uma alimentação low cost durante as férias

Saber como poupar na alimentação em férias não tem que ser um bicho de sete cabeças. Há pequenos truques e dicas que iremos partilhar consigo e que ajudarão a equilibrar o orçamento familiar, sem que ocorra algum deslize nas suas finanças pessoais.

Quando falamos em férias, pensamos em relaxar, descontrair, esquecer os problemas do quotidiano. Porém, a necessidade de cumprir um orçamento pode levantar algumas dúvidas, sendo este um motivo para algum stress e ansiedade.

Para que isso não aconteça, vamos partilhar consigo cinco dicas sobre como poupar na alimentação nas férias, de forma simples e tão natural que nem se aperceberá que está a poupar.

5 conselhos para poupar na alimentação em férias

Gastar menos, sem ter que abdicar da qualidade da sua alimentação durante as férias pode ser algo difícil de concretizar. Contudo temos algumas sugestões que irão de encontro ao seu objetivo.

1. Regime tudo incluído

tudo incluido

Há muitos hotéis e agências de viagens a disponibilizar pacotes de férias em regime de tudo incluído: pequeno-almoço, almoço, jantar e, eventualmente, pequenos snacks ao longo do dia.

É certo que estes pacotes encarecem o valor total das férias, mas se fizer contas a quanto gastaria se tivesse que ir a restaurantes todos os dias, pelo menos duas vezes por dia, verá que não é tão caro quanto imaginou inicialmente.

Além disso, o regime tudo incluído apresenta outra grande vantagem: a variedade de comida é tão grande que poderá facilmente encontrar algo que vá de encontro aos seus gostos pessoais e que coincida com algum tipo de restrição alimentar que possa ter, nomeadamente, alergias e intolerância a determinados alimentos.

2. Acesso a supermercado

alimentação-supermercadoFonte: Elevate

Ao planear as férias e ao escolher o alojamento, procure ficar num local com acesso fácil a um supermercado. Desta forma, poderá facilmente poupar em artigos de cafetaria, snacks ou, até mesmo, em algumas refeições, se tiver a possibilidade de adquirir alguns produtos alimentares que possa transportar ou comer em casa.

3. Abasteça-se com água de casa

água torneiraFonte: Portugal resident

A hidratação é bastante importante em época de calor e, como tal, é extremamente importante que se beba bastante água, principalmente, os mais novos e a população sénior, mais suscetíveis aos efeitos da desidratação.

Mas bem sabemos como comprar água num café ou barraca de rua pode ser dispendioso. Assim sendo, por que não aproveitar as garrafas para encher com água da torneira? Claro que depende da qualidade da água do país onde está, pois se a mesma não for boa, terá que abastecer-se sempre com água engarrafada, que garante níveis próprios para consumo

4. Tenha sempre snacks

snacksFonte: Cooking classy

Se viaja com crianças é fundamental planear as refeições que quer fazer em casa e munir-se do necessário para evitar gastos consideráveis nos habituais lanches fora de casa. E com isso, coisas simples como barras de cereais, saquinhos de frutos secos ou bolachas, podem fazer a diferença entre comer algo menos saudável e dispendioso e comer algo mais nutritivo e económico.

5. Coma bastante fruta

frutaFonte: Musclengineers

A fruta é um dos alimentos mais completos que podemos comer para aconchegar o estômago: tem água, vitaminas e fibra que ajudam a saciar e a matar o bichinho da fome.

Mais dicas para poupar dinheiro nas férias

dias para poupar nas ferias

E se poupar na alimentação não é suficiente para si, deixamos mais algumas sugestões de como poderá poupar dinheiro nas férias.

  • Não gaste mais de 10% dos rendimentos obtidos ao longo do ano durante as férias;
  • Faça uma previsão de 10% no orçamento inicial, para gastos imprevistos;
  • Visite locais que se ajustem ao seu orçamento para as férias;
  • Procure na internet as melhores opções e eventuais descontos em viagens, voos, hotéis;
  • Aproveite as promoções de última hora, pois geralmente oferecem preços bastante apetecíveis;
  • Evite viajar apenas na época alta – há meses em que consegue apanhar bom tempo e com isso pagar menos, como por exemplo, nos meses de maio, junho, setembro e outubro;
  • Esteja disponível para outras soluções de alojamento como o campismo, estadia em pousadas da juventude, albergarias ou residenciais, ou até em casas de amigos ou familiares;
  • Opte por andar a pé para conhecer os locais e visite monumentos com entrada gratuita;
  • Divida o orçamento em quantias diárias, o que lhe permitirá uma maior e melhor gestão.

Veja também: