Poupe nas férias, ganhe em lazer

Há sempre mil e uma maneiras económicas de gozar uns dias de descanso sem perder poder de compra ou qualidade de vida. Poupe ou recorra ao crédito pessoal, mas seja sábio.

Poupe nas férias, ganhe em lazer
As nossas dicas para umas férias mais económicas

Tendo dinheiro no bolso, o destino a escolher não é muito difícil, até porque a oferta é diversificada e os lugares de sonho não faltam. Para outras pessoas, o cenário anterior não passa de uma apetecível miragem, mas mais vale ter umas férias económicas e de acordo com a sua bolsa, do que não gozar absolutamente nada e ficar fechado em casa.


Saiba que também pode poupar, e muito, nas férias, se optar por as programar sabiamente. Não precisa de grandes ginástica orçamental para levar a sua família e gozar uns dias de puro lazer e diversão.


Dicas para umas férias económicas

Se está a pensar em viajar para o estrangeiro saiba que a primeira regra é ter flexibilidade nos horários das viagens. Esteja sempre atento a promoções e, claro, aos voos ‘low cost’, uma verdadeira oportunidade para conseguir bilhetes de avião a preços surpreendentemente baixos e para destinos diversificados. Não se esqueça que, se optar por esta solução, os aviões aterram em aeroportos secundários, bastante mais longe das grandes cidades. Acautele-se para o preço do bilhete da viagem para o local de férias, no comboio ou camioneta turística.


No que diz respeito ao alojamento, opte por alugar um apartamento. Ficam bem mais baratos e até pode ter a sorte de estar no centro da acção. Poupa na alimentação, no alojamento e, acima de tudo, gere os seus próprios horários. 

Caso opte por ficar num hotel, em alguns casos compensa mais ficar em regime de tudo incluído ou meia pensão. A Internet poderá ser uma boa ferramenta para programar a viagem, alojamento, locais a viajar e até encontrar uma ou outra promoção. As reservas on-line geralmente são compensatórias.


Se o destino for relativamente perto e optar por levar o automóvel vai gastar dinheiro na gasolina, mas poderá poupar na alimentação. Leve comida e faça refeições durante a viagem. Chegado ao destino, alugue bicicletas, faça exercício e ande a pé ou de transportes públicos.


Crédito para férias: última opção?

Durante o período de descanso pode guardar um pequeno pé-de-meia para uma ou outra mordomia ou então opte por um cartão de crédito que lhe traga alguns benefícios ou por um crédito pessoal.

Existem entidades bancárias que têm produtos exclusivos para férias, mas na generalidade dos casos cobram-se bem pela gestão do processo a juntar ao montante do empréstimo solicitado. Pode também optar por fazer um crédito para férias em empresas especialistas em crédito pessoal. A obtenção do crédito é mais simplificada, algumas incluem linhas telefónicas e ‘sites’ que permitem a contratação rápida.


Também nas agências de viagens é possível contrair um crédito para férias, sendo em alguns casos bastante vantajoso até porque algumas suportam os custos e oferecem financiamento sem o pagamento de juros, pelo que até poderá ‘poupar’ algum dinheiro. Significa assim que poderá apenas pagar as suas férias às prestações.


Veja também: