Quais os preços de airbags?

Quer saber quais os preços de airbags e como deve ser feita a sua substituição? Descubra a resposta a estas e outras dúvidas sobre airbags.

Quais os preços de airbags?
Descubra a resposta

Hoje em dia, os veículos são cada vez mais seguros e confortáveis. Os novos modelos não dispensam os airbags que, em caso de acidente, permitem salvar a vida do condutor e dos passageiros. Nestas situações, qualquer intervenção ou substituição deve ser feita por profissionais qualificados. Mas será que sabe os preços de airbags? Deve comprar novos ou usados?

Em caso de acidente, quais são os preços de airbags?

Como funcionam os airbags?

Antes de avançarmos para os preços de airbags, deve saber que este sistema não enche de forma lenta ou suave. Assim sendo, nunca coloque o seu braço sobre o módulo do airbag, pois a insuflação poderá originar fraturas graves.

Não deve colocar uma cadeira para criança voltada para trás à frente de um airbag ativo. Os fabricantes aconselham a recuar o máximo possível o banco em que a cadeira de segurança para a criança está instalada (se tiver de usar uma cadeira de segurança voltada para a frente no banco dianteiro).

O airbag foi acionado: e agora?

Em caso de acidente, os airbags ativos serão acionados e terão de ser substituídos para voltarem a funcionar corretamente. Se não proceder à substituição, a área não reparada aumentará o risco de ferimentos em caso de nova colisão.

airbag acionado

Quais os componentes do airbag?

O airbag é composto por diversos componentes que, em conjunto, permitem ativar rapidamente este sistema:

  • Airbags;
  • Pré-tensores;
  • Disparadores pirotécnicos;
  • Caixa eletrónica;
  • Cablagem;
  • Centralina.

Qualquer substituição de airbags deverá ser feita por profissionais qualificados para o efeito, de forma a evitar que o sistema não seja ativado intempestivamente e possa provocar acidentes.

Quais os preços de airbags?

Os preços de airbags variam bastante consoante o modelo e a marca do veículo que possui. Ainda assim, tendo em conta a mão-de-obra e as peças envolvidas para a troca dos airbags, os valores poderão facilmente rondar os 1000€.

Os fabricantes deixam um último alerta: não compre airbags usados. Apesar de serem muito mais baratos, o risco de não serem acionados no tempo devido é bastante superior. Não arrisque a sua vida nem a dos restantes passageiros.

Dicas finais

Embora os airbags tenham sido concebidos para ajudarem a reduzir os ferimentos graves em caso de colisão, este sistema deve complementar a ação do cinto de segurança. O desrespeito por esta regra expõe os ocupantes dos veículos a ferimentos mais graves em caso de acidente e pode também agravar os riscos de lesões na pele inerentes ao disparo do airbag.

Veja também: