Primeira cadeira de bebé com airbag é portuguesa

Sabia que Portugal está a produzir a primeira cadeira de bebé com airbag? Descubra tudo aqui.

Primeira cadeira de bebé com airbag é portuguesa
Conheça mais pormenores sobre o produto

A partir de setembro, o paradigma da segurança rodoviária pode mudar para os mais novos: a primeira cadeira de bebé com airbag poderá chegar ao mercado em breve e tudo à conta de tecnologia e empreendedorismo português.

Este novo produto está a ser testado há já três anos e foi desenvolvido por uma empresa portuguesa sediada em Vila do Conde, a Dorel Juvenile Portugal.

Primeira cadeira de bebé com airbag: como vai funcionar

Neste momento, a primeira cadeira de bebé com airbag está em testes finais, em França, e deverá receber as homologações finais em breve. Vai chamar-se AxissFix Air (modelo Maxi-Cosi, da marca Bebé Confort) e vai contar com airbags colocados no interior do arnês que protege o bebé.

Na prática, em casos de colisão ou de travagem brusca, os airbags são insuflados de forma a proteger e sustentar a cabeça dos bebés, evitando danos no pescoço e até mesmo a morte.

Por enquanto ainda não se sabe o preço deste produto, mas a equipa da Dorel Juvenile Portugal acredita que esta cadeira de bebé com airbag é a mais segura de sempre e que vai ser um dos best-sellers do ano. De acordo com as previsões mais recentes, este produto deverá estar disponível no mercado nacional e europeu em setembro e será produzido integralmente em território nacional.

Com esta nova linha de produção, a Dorel Juvenile Portugal já teve de aumentar a linha de produção e a antecipar em 25% o crescimento da sua atividade para 2017 (em 2016, a unidade de Vila do Conde faturou 46 milhões de euros).

Segurança em primeiro lugar, sempre

Além de ser a primeira empresa portuguesa a produzir este tipo de produto inovador no mercado, a Dorel Juvenile Portugal também é a única que disponibiliza cadeiras adaptadas a crianças com displasia da anca. Para além disse é parceira da Direção Geral de Saúde no projeto de prevenção rodoviária que pretende dar formação aos pais e profissionais de saúde, e que começou em 2011 e que termina em 2020 – os primeiros dados já são conhecidos: a morte de crianças até aos 15 anos em acidentes rodoviários diminuiu 56%.

Portugal irá voltar a andar nas bocas do mundo e, mais uma vez, pelas melhores razões: seremos os orgulhosos produtores da primeira cadeira de bebé com airbag – segurança rodoviária, sempre.

Veja também: