Prioridade nas rotundas: quem, quando e porquê

Com a alteração ao Código da Estrada, instalou-se a confusão no que à prioridade nas rotundas diz respeito. Tem dúvidas? Nós esclarecemos.

Prioridade nas rotundas: quem, quando e porquê
Nós temos as respostas

Todos sabemos que o cumprimento do Código da Estrada é essencial para evitar acidentes e para tornar a vida dos condutores bem mais simples e prática. Mas nem tudo corre “às mil maravilhas”. A prioridade nas rotundas ainda é uma questão sensível que confunde (e enfurece) milhares de condutores portugueses.

De acordo com Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), desde 2014, altura em que o Código da Estrada foi atualizado, mais de 3000 condutores já foram multados por não cumprirem as normas aplicadas nas rotundas.

Que tem prioridade nas rotundas?

Como todos sabemos, a circulação na rotunda faz-se num único sentido, em modo giratório. De acordo com o artigo 16º, os condutores que se aproximem das rotundas devem ceder sempre a passagem a quem já nela circula:

  • Se pretende sair na primeira saída da via, mantenha-se na faixa da direita;
  • Se pretende sair em qualquer outras das vias, deve circular pela faixa da esquerda. Deverá passar para a via mais à direita após a passagem pela via imediatamente anterior àquela que pretende usar;
  • Deve utilizar sempre o pisca para indicar aos restantes condutores qual a direção que pretende seguir.

Atenção: dentro da rotunda também deverá manter o pisca à esquerda ligado até à altura em que pretender utilizar a via de saída – aí deverá utilizar o pisca à direita para alertar os restantes condutores. Assim sendo, a utilização dos piscas é indispensável dentro das rotundas.

Quais as sanções para quem não cumpre a prioridade nas rotundas?

De acordo com a legislação, quem não cumprir com as normas de circulação nas rotundas é multado: o valor vai dos 60 euros aos 300 euros.

Em alguns casos, a sanção poderá até implicar a inibição de conduzir de um a 12 meses e a perda de 2 pontos na Carta de Condução.

Recapitulando: nas rotundas, o condutor só deve utilizar a via da direita assim que passar a via de saída imediatamente anterior à que vai pretende usar, utilizando o pisca à direita para indicar a sua intenção e tomando as devidas precauções para não colocar em risco a sua segurança e a dos restantes condutores.

Agora que já conhece a prioridade nas rotundas não arrisque buzinadelas desnecessárias. Cumpra o Código da Estrada e evite contribuir para as estatísticas dos condutores que já foram multados por não cumprirem as normas de circulação de rotundas circunscritas no Código da Estrada.

Veja também: