PLANO DE SAÚDE MEDICARE - 6 mensalidades sem compromisso

Problemas Respiratórios: tipos, sintomas e tratamento

Neste artigo, causas, sintomas e tratamento de variados tipos de problemas respiratórios.

Problemas Respiratórios: tipos, sintomas e tratamento
A importância das suas vias nasais!

Cavidades nasais, faringe, laringe, traqueia e brônquios são os órgãos que compõem as vias respiratórias. Fazem parte do sistema respiratório e têm a função de proporcionar ao nosso organismo o oxigénio que nos faz respirar. Aliado a este conjunto de órgãos existem problemas respiratórios que causam desconforto e que aparecem devido a múltiplos fatores. Identifique quais e saiba como resolvê-los.



Causas e Sintomas de problemas respiratórios

Constipações, poeiras, poluição, alergias estão entre as causas mais comuns que estão na origem de problemas respiratórios. Em contacto com o meio ambiente estamos sujeitos a este tipo de situações e em que muitas vezes é difícil determinar qual é a verdadeira causa destas perturbações. 

Para além dos habituais espirros conheça outros sintomas que são frequentes:
  • Mal-estar;
  • Falta de ar; 
  • Perda de apetite;
  • Emagrecimento; 
  • Cansaço;
  • Fraqueza.
 


Tipos de problemas respiratórios 

 

Asma 

Doença do aparelho respiratório que ocorre quando os brônquios estão inflamados. É uma patologia inflamatória e que dificulta o processo de respiração
 
Sintomas mais comuns - Tosse, falta de ar, pressão no peito.

Tratamento - Existem alguns remédios que são administrados todos os dias com o intuito de combater os sintomas de asma. Corticóides, broncodilatadores e teofilina são os mais utilizados. No entanto, em consonância com o seu médico será especificado qual o melhor caminho. 



Bronquite

Da mesma forma que a asma resulta de uma inflamação dos brônquios, a bronquite também. Dividida em bronquite aguda e bronquite crónica, a bronquite é um dos problemas respiratórios que afeta a população.

Sintomas mais comuns – Dificuldade ao respirar, febre e calafrios.

Tratamento – Apesar de muitas vezes esta patologia desaparecer ao fim de 15 dias, é sempre necessário recorrer a um profissional de saúde para se inteirar sobre o seu estado clínico. Antibióticos, xaropes e antialérgicos são os medicamentos mais prescritos.



Sinusite

A sinusite resulta do inchaço dos seios nasais e pode ser dividida em vários tipos. Sinusite unilateral quando apenas afeta os seios nasais de um lado do rosto; sinusite bilateral quando afeta ambos lados dos rosto. Consoante a durabilidade dos sintomas, a sinusite aguda é quando não chega a durar 4 semanas, e a crónica quando dura mais de 4 semanas. 
Por último, dependendo da forma como contraiu a patologia, sinusite viral se foi através de vírus, sinusite bacteriana por bactérias e por alergias, sinusite alérgica.

Sintomas mais comunsCongestão nasal, dor de cabeça, tosse e mau hálito. 

Tratamento – Corticóides nasais, a misturar de água com sal para ajudar nas vias nasais, antibióticos e em último caso a cirurgia. 



Fisioterapia respiratória

A fisioterapia respiratória é uma técnica que, para além de tratar dos problemas respiratórios, também acaba por prevenir o aparecimento dos mesmos. O objetivo desta terapia acaba por proporcionar maior capacidade respiratória ao doente.  

Veja também: