AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Procurar emprego online: 3 erros que não deve cometer

A internet abre-lhe as portas a milhares de ofertas de emprego. Veja quais os erros a evitar quando procurar emprego online.

Procurar emprego online: 3 erros que não deve cometer
Veja como melhorar as suas pesquisas.

Procurar emprego online faz parte da realidade de muitos portugueses. Seja para pesquisar emprego em território nacional ou internacional, a verdade é que a internet permite o acesso rápido a uma vastidão de ofertas.
 
Mas será que procurar emprego online se resume a pesquisar, selecionar e responder a ofertas de trabalho? Não, também aqui, para ser bem-sucedido, deve ter alguns cuidados.
 
Conheça alguns dos erros mais frequentes e saiba como evitá-los.
 

Fuga às armadilhas

Sim, é isso mesmo. Para ser bem-sucedido na sua pesquisa deve em primeiro lugar evitar cair nas armadilhas mais óbvias, já que tendencialmente os candidatos transpõem os erros da pesquisa “tradicional” para este meio.
 
Este é sem dúvida o primeiro grande erro. A internet é um meio muito próprio. Com tal, deve conduzir a sua pesquisa tendo sempre presente esta ideia. Faça por estar a par dos “meandros” do mundo digital e crie candidaturas infalíveis.
 
Veja como:

1. Procurar emprego apenas em páginas ou plataformas de emprego

Errado. Muito, muito errado. A internet é um universo por explorar. Não seja limitado. Procurar emprego online dá-lhe inúmeras possibilidades. Além das páginas especializadas, pode pesquisar em comunidades profissionais, blogs, redes sociais, etc. Quanto mais alargado o seu âmbito de pesquisa, mais resultados vai obter. Sem falar – claro – que desta forma acaba por se dar a conhecer através dos vários canais. Inevitavelmente vai acabar por deixar a sua marca. Depois basta que faça um bom marketing pessoal e vai ver que, em menos que nada, vai dar de caras com uma oferta feita à sua medida.
 
FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre emprego actualizada ao minuto.

2. Ter um perfil online incompleto

Da mesma forma que não entrega um Curriculum Vitae (CV) incompleto, também não deve ter um perfil profissional com campos por preencher. Uma boa presença online pode ser fulcral no sucesso da sua procura de emprego. Lembre-se que não são apenas os candidatos a procurar emprego online; também os recrutadores recorrem – cada vez mais - às ferramentas web para pesquisar informações sobre os candidatos. Se quer evitar que o seu CV seja excluído por falta de resultados online ou por resultados “inconclusivos” (chamemos-lhe assim), o seu perfil online – com destaque para o LinkedIn - deve estar totalmente preenchido. Não sabe como o fazer? Nós ajudamos. Veja as nossas dicas para melhorar o seu perfil no LinkedIn e como procurar emprego através das redes sociais.
 

3. Falta de cuidado da imagem online

No fim-de-semana foi dia de jantar com os amigos, saída à noite e grande festa? Ótimo. É perfeitamente normal (e aconselhável até). Mas será que é essa a imagem que quer passar aos seus recrutadores? Este é o tipo de conteúdos que partilha com os seus amigos, os mesmos do jantar ou outros. Não com os seus potenciais recrutadores. Dê uma olhadela às suas redes sociais e comece já a eliminar tudo o que possa ser danoso para a sua imagem profissional. Novamente insistimos no óbvio: cada vez mais as empresas pesquisam os candidatos online. Por isso, lembre-se que o Google sabe tudo e pode mostrar mais do que pretende. Cabe-lhe a si garantir que a sua presença online está “limpa”. Isso fará toda a diferença.
 

Uma prática comum que veio para ficar

Num mundo cada vez mais competitivo, ter uma oferta de emprego disponível online significa uma luta desenfreada entre inúmeros candidatos. Para vencer tem que garantir que conduz a sua pesquisa da melhor forma possível e que a sua candidatura está livre de erros.
 
Inscreva-se em plataformas de emprego, acompanhe as atualizações de sites e blogs especializados, esteja a par das últimas tendências no recrutamento, tente perceber o que esperam os candidatos de si,etc. E, acima de tudo, não deixe margem para erros.
 
Veja também: