AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Procurar emprego: passo a passo

Porque a ajuda nunca é demais, conheça todos os passos para procurar emprego e obter resultados mais rapidamente. 

Procurar emprego: passo a passo
Quer tornar a sua procura de emprego mais eficaz? Então siga as nossas dicas.

Procurar emprego não é tarefa fácil, muito menos nos dias que correm. E se acha que basta “disparar” o seu Curriculum Vitae (CV), saiba que está redondamente enganado. Na verdade, a procura de emprego é um processo complexo e pode ser (também) moroso e nada melhor que um bom plano para obter os melhores resultados. Veja como.
 

7 passos para procurar emprego e ter sucesso

Independentemente de ser um “novato” ou não nestas andanças da procura de emprego, de estar à procura do primeiro emprego ou de uma nova experiência, todos enfrentam as mesmas dificuldades. Mas basta aplicar uma boa dose de planificação e os resultados não tardarão a aparecer.
 
Conheça passo a passo, todas as etapas que deve preparar (mesmo) antes de começar a procurar emprego.
 

1. Comece por definir objetivos

Que é como quem diz defina os seus critérios de pesquisa, desde a área em que gostaria de trabalhar, o tipo de contrato que procura (estágios, full-time ou part-time, por tempo determinado ou indeterminado, por exemplo), os cargos que ambiciona, as funções que pretende desempenhar, a área geográfica na qual está disposto a trabalhar ou as empresas que gostaria de integrar. Se souber o que procura, vai facilitar selecionar as ofertas mais adequadas aos seus objetivos profissionais.
 

2. Organize (ou crie) toda a documentação de candidatura

O mais certo é achar que só precisa do seu CV para procurar emprego, mas está errado! No entanto, é um bom ponto de partida, até porque tem muito trabalho pela frente. Há vários modelos a estudar e vários cuidados a ter. Mas há mais. Como uma candidatura a emprego não é feita apenas do CV, pode começar a preparar a restante documentação que vai necessitar, nomeadamente, a carta de apresentação, certificados de formação e/ou cartas de recomendação.
 

3. Pesquise as ofertas ou potenciais empregadores

Seja online (através das plataformas de emprego) ou nos meios tradicionais (como anúncios de jornal), use os critérios que definiu logo no início e foque a sua pesquisa nas ofertas que correspondem ao seu perfil.
 

4. Candidate-se a ofertas

E chegamos ao ponto alto de qualquer procura de emprego, a candidatura. Mas antes de enviar o seu CV, comece por analisar os modelos de CV que tem ao seu dispor e definir qual o mais adequado à oferta/empresa, e claro, confira o grau de personalização necessário a cada candidatura. Certifique-se que em cada modelo inclui a informação imprescindível (como a experiência profissional mais relevante ou as competências mais importantes para cada cargo) e que não tem erros. Tudo conta e o mais pequeno detalhe pode ser "fatal".
 

5. Prepare a entrevista de emprego

Esta é a fase mais ambicionada mas também a mais traiçoeira. O segredo para sobreviver à entrevista de emprego é a preparação. Uma boa estratégia de marketing pessoal, ou atenção a todos os detalhes como a sua linguagem corporal ou sua indumentária podem ser fundamentais.
 
FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre emprego actualizada ao minuto.

6. Aposte no networking 

Ter uma boa rede de contactos pode ser fulcral no sucesso na sua procura de emprego, portanto aposte no networking. Pode começar por trabalhar a sua presença nas redes sociais, até porque cada vez mais, os recrutadores pesquisam e “espreitam” os perfis dos seus candidatos e usam estas plataformas como ferramentas de recrutamento. Mas não deixe de participar em eventos que propiciam o networking, como conferências dentro da sua área profissional, workshops ou feiras de emprego. Quem sabe se não dá de caras com o melhor de todos os contactos profissionais: o seu próximo empregador.
 

7. Faça um follow-up da entrevista

Seja por telefone ou email, não deixe de fazer um follow-up da entrevista de emprego. Isto serve não só para agradecer a oportunidade de ser entrevistado, mas também para perceber o ponto de situação do processo de recrutamento.
 

Emprego à vista!

Como dissemos antes, procurar emprego nunca é fácil, pode ser um processo lento e requer que invista tempo e energia. Mas por mais negativo que lhe pareça o cenário é fundamental que não se deixe vencer pela frustração que possivelmente vai sentir (pela falta de respostas, por exemplo).
 
Os passos a seguir já conhece, agora só precisa de um pouco de paciência e os resultados vão aparecer.
 
Veja também: