AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Procurar estágio: qual a altura mais indicada?

Tal como a procura de emprego, procurar e encontrar um estágio tem que se lhe diga. Saiba qual a melhor altura (ou melhores) para procurar um estágio.

Procurar estágio: qual a altura mais indicada?
Os estágios marcam, na grande maioria dos casos, a entrada dos profissionais no mercado de trabalho.

Quer se goste ou não da ideia, os estágios fazem parte das carreiras - de pelo menos - a grande maioria dos profissionais. Uma forma de adquirir experiência profissional, ao mesmo tempo que possibilita o contacto com o mercado de trabalho. E ainda que os estágios abundem, há que saber escolher os estágios mais indicados para cada profissional. Mas para garantir que encontra o que pretende, nada melhor que saber qual a melhor altura para procurar estágio.
 

Estágios: quando procurar?

Se há altura indicada para fazer um estágio é enquanto estudante ou após a conclusão dos estudos. Afinal, é através dos estágios que vai poder pôr em prática os conhecimentos teóricos adquiridos e contactar de perto com o "mundo real", "pôr mãos na massa", conhecer de perto o mercado de trabalho e a realidade que o espera. Até aqui nada de novo, ou não fosse esse – em última instância o grande objetivo dos estágios.

Mas quem disse que apenas os profissionais menos experientes podem ou devem fazer estágios?  A verdade é que os estágios também podem servir para adquirir novas competências ou enriquecer o profissional com outras experiências e vivências e, como tal, podem também desenrolar-se em fases  mais avançadas da carreira. Tudo depende da vontade do profissional.

 

Procurar para encontrar

E estágios não faltam. E há para todos os gostos e feitios. De curta ou longa duração, curriculares (não remunerados) ou profissionais/remunerados, estágios de Verão, em Portugal ou no estrangeiro... enfim, a escolha é vasta.

Mas, ainda que haja muito por onde escolher, nem sempre é fácil encontrar o que se pretende. E não é porque não exista, mas sim porque se procura na altura errada.

Repare, dependendo de cada tipo de estágio haverá certamente períodos mais adequados para a procura. Se falamos de estágios de Verão, a pesquisa de ofertas deverá - obviamente - centrar-se nos meses que antecedem o Verão. Mas se o critério é simples de definir para os estágios de Verão, o mesmo não se pode dizer dos restantes tipos de estágio.

Mas vamos por partes. 
 

1. O que procurar?

Esta deve ser a sua primeira pergunta antes de começar a pesquisar estágios indiscriminadamente. Não se limite a pesquisar "estágios". Seja específico quanto ao tipo de estágio que procura, à área profissional que pretende, ao local e/ou empresa, por exemplo. Ter critérios de pesquisa é essencial para obter resultados.
 

2. Quando procurar?

O início do ano é sempre uma boa altura para fazer prospecção de mercado. Mas deve ter sempre em mente que cada tipo de estágio tem "épocas altas" (chamemos-lhes assim). O ideal é que sinalize os estágios que mais lhe interessam e que identifique os períodos de estágio disponíveis. Repare. Certas empresas/instituições têm períodos de estágios pré-determinados. Por exemplo, as instituições europeias (União Europeia, Comissão Europeia, Banco Central Europeu, etc.) abrem frequentemente estágios para as mais diversas áreas. Se pretender candidatar-se a estas vagas deve estar atento aos prazos de candidatura. O mesmo se aplica aos estágios de Verão. Na grande maioria dos casos, os períodos de candidatura e seleção estão já pré-definidos. O melhor mesmo é ir fazendo uma busca pelos sites das empresas/instituições com regularidade para estar a par de todas as ofertas e prazos. 

 

Esteja atento!

Ofertas não faltam e as oportunidades também não. E, independentemente, da sua experiência ou falta dela, um estágio configura sempre uma oportunidade de aprendizagem. Se é isso que quer, só tem que procurar.


Veja também: