Produtos para investir com baixo risco

Existem diversos produtos de aforro que estão ao seu dispor para que consiga rentabilizar o seu dinheiro. Conheça algumas formas de investir com baixo risco. 

Produtos para investir com baixo risco
Conheça alguns produtos que estão ao seu dispor para rentabilizar o seu dinheiro sem o colocar em perigo

O conceito de investimento costuma estar (e deve estar) relacionado com o conceito de risco. A ausência de risco é algo raro verificando-se num reduzido número de instrumentos de investimento. Neste contexto, apresentamos-lhe algumas alternativas para investir com baixo ou nenhum risco:


Desendividamento:

Não sendo um instrumento de investimento, não deixa de ser um dos investimentos mais rentáveis do mercado. Muitos aforradores/investidores cometem o erro de ter um investimento em depósitos a prazo ao mesmo tempo que têm dívidas sob a forma de cartão de crédito ou crédito pessoal. Caso tenha uma dívida com taxas de juro superiores a 6%-7% saiba que não encontra nenhum produto para investir com taxa superior. Além disso, o retorno do investimento na redução do endividamento não paga imposto. É um retorno que irá de imediato para o seu bolso.


Certificados de aforro:

Os certificados de aforro são, nos dias que correm, a melhor alternativa de investimento para os portugueses que procuram risco zero ao mesmo tempo que querem alguma liquidez. A partir de €100 por mês e para prazos a partir de 3 meses, poderá investir confortavelmente em certificados de aforro. No que toca à relação risco/retorno, os certificados de aforro são os mais competitivos do mercado.


Certificados de tesouro poupança mais:

Para horizontes temporais mais alargados (cinco anos) poderá olhar para os certificados de tesouro poupança mais como boas alternativas de investimento com baixo risco. Há semelhança dos certificados de aforro, é possível subscrever os certificados de tesouro junto dos CTT e emprestar dinheiro ao estado português. Se não precisa de movimentar o seu dinheiro no médio prazo, analise a proposta destes certificados e saiba que não encontra taxas mais elevadas.


Depósitos a prazo:

Os depósitos a prazo são um dos produtos de aforro mais populares em Portugal. Os aforradores portugueses procuram produtos sem risco e não se preocupam muito com as taxas de juro. Na prática, os depósitos a prazo (especialmente para os prazos mais curtos) são maus produtos de poupança. E tenha atenção que existem taxas de juro promocionais mas que são apenas válidas para os primeiros períodos de 3 a 6 meses. A partir daí, aplicam-se as taxas de juro de tabela que não são minimamente interessantes.


Fundos de tesouraria:

Caso pretenda arriscar ligeiramente na expetativa de obter níveis de retorno próximos de 3%, poderá procurar os fundos de tesouraria ou fundos de obrigações. Estes fundos de investimentos estão ao seu dispor na generalidade dos bancos e são caracterizados por baixo nível de risco e liquidez imediata. Atenção que em alguns momentos durante a vida útil do seu investimento poderá estar a perder algum dinheiro. No entanto, falamos de oscilações não muito significativas.

Apresentámos-lhe as principais alternativas de aforro/investimento para quem não quer perder o seu dinheiro. O foco destes produtos é a preservação de capital, procurando retornos ligeiramente acima da taxa de inflação (pelo menos garante não perder poder de compra).


Veja também: