Publicidade:

13 cuidados a ter para proteger os cães do frio

Conheça alguns cuidados a ter se quiser proteger os cães do frio, independentemente de estarem no interior ou exterior da sua casa.

13 cuidados a ter para proteger os cães do frio
Cuide do seu melhor amigo de quatro patas!

Agora que o frio parece instalar-se, não são só as pessoas que devem ter cuidados acrescidos para não adoecerem devido às baixas temperaturas. Pois é, quem tem animais de estimação deve também zelar pela sua saúde e segurança.

Hoje reunimos alguns cuidados a ter para proteger os cães do frio, porque o seu melhor amigo de quatro patas merece!

Algumas pessoas consideram que, pelo facto de os cães terem pelo não têm frio, o que é errado. Há algumas raças que estão mais protegidas por apresentarem duas camadas de pelo e terem características diferentes, e claro que os cães que ficam dentro da habitação do dono ou em espaços próprios não sofrem tanto com o frio como os que ficam no exterior.

Ainda assim, pelo facto de terem de vir ao exterior, por terem pelo curto, por serem mais velhos, entre outras razões, convém ter alguns cuidados para proteger os cães do frio.

13 cuidados para proteger os cães do frio

cuidados cães frio

1. Se o cão é de raça pequena e de pelo raso, deve protegê-lo com agasalhos aconchegantes para que não apanhem tanto frio no pescoço, barriga e costas.

2. Se o cão é mais velho ou tem problemas de coluna deve usar capa de chuva para não agravar esses problemas.

3. Se houver neve, o seu cão deve usar proteção nas patas para que não as queime. As botas protegem ainda da humidade que pode causar dermatites.

4. Se o seu melhor amigo de quatro patas está dentro de casa consigo e vive numa casa muito aquecida artificialmente, escove-o regularmente para ajudar a proteger a pele e o pelo do ar seco.

5. Controle a alimentação. Poderá ter que reduzir a quantidade de ração porque geralmente, com o frio, os cães ficam mais passivos e podem engordar.

6. Se tiver que dar banho ao seu cão, seque-o muito bem e evite correntes de ar. Preferencialmente, não o deixe ir logo para o exterior.

cães frio

7. Evite tosquiar o cão nos meses mais frios. Se tiver mesmo de o fazer, agasalhe-o e deixe-o ficar num sítio da casa aconchegante e quente.

8. Se o seu cão fica no exterior redobre a atenção quando as temperaturas descem. Este deve ficar num espaço ou casota bem abrigado do frio e da chuva. Este espaço deve ser amplo para que o cão consiga movimentar-se bem.

9. A casota deve ser colocada sobre um estrado para evitar que a água da chuva entre.

10. Tenha ainda em atenção que nas zonas muito frias a água pode congelar e os cães devem ter acesso constante a água própria para beber, sob o risco de sofrerem de desidratação. Ao contrário dos cães de interior, os que ficam no exterior podem necessitar de uma maior dose de alimentos para se manterem quentes.

11. Cães idosos e cães recém-nascidos não devem ser deixados no exterior no tempo frio pois têm mais dificuldades em manter o corpo quente.

12. Evite tosquiar um cão de exterior.

13. Não deixe o cão dentro do carro por longos períodos de tempo. Se no verão o carro pode tornar-se um forno, no inverno facilmente fica como um frigorífico.

Proteger os cães do frio vai evitar que adoeçam. Por isso, cuide bem do seu melhor amigo de quatro patas!

Veja também: