Publicidade:

Como fazer o melhor pudim de Natal

O Pudim de Natal é um indispensável nas festas natalícias. Doce como mais nenhum outro e de textura cremosa e húmida, faz as delícias de todos.

Como fazer o melhor pudim de Natal
Este doce não pode faltar à mesa!

É daqueles doces que nunca falta na mesa da consoada e do dia de Natal, e que sabe sempre bem, mesmo que estejamos de “barriga cheia”. Se acompanharmos com um cálice de vinho do Porto… Então, o pudim de Natal é receita mais do que vencedora para adoçar a boca. Vamos aprender a fazer este prato açucarado e tão português aí em casa?

Conhece a história do pudim de Natal?


pudim de Natal

O pudim de Natal não é nada mais nada menos do que uma reinvenção dos pudins elaborados na Grã-Bretanha, desde há muitos séculos, que serviam, inclusivamente, de prato principal. Ainda hoje consegue encontrar localidades que servem os famosos pudins de carne.

A particularidade dos pudins está precisamente na sua forma de cozedura: em banho maria, seja no forno ou no lume do fogão, o que lhe confere a textura esponjosa e cremosa ao mesmo tempo.

O pudim doce de Natal é uma tradição espalhada pelo país e pelo mundo e adotada há já centenas de anos. Com grande incidência nos mosteiros e conventos, a receita foi sendo aprimorada e testada pelas casas dos portugueses. Hoje em dia não há apenas uma receita de pudim de Natal – cada família tem a sua receita e a sua tradição! O denominador comum é mesmo a forma (arredondada com um buraco no meio) e forma de cozedura – em banho maria.

A receita para o melhor pudim de Natal


Pudim de Natal

pudim de Natal

Ingredientes
600g de açúcar
15 gemas
5 c sopa de caramelo líquido
8 dl de água
Casca de ananás

Modo de preparação

  1. Num tacho, junte a água e açúcar e misture. Leve ao lume e junte a casca do ananás para aromatizar.
  2. Deixe ferver durante cerca de 20 minutos ou até obter uma espécie de calda licorosa.
  3. Entretanto, ligue o forno a 180ºC e barre uma forma de pudim com o caramelo de compra ou feito em casa.
  4. Passe a calda do açúcar e ananás por um coador e reserve 5 dl.
  5. Numa tigela, junte as gemas bem mexidas e vá juntando a calda bem devagar e emfio para não cozer os ovos.
  6. Verta esta mitura para a forma de pudim e leve ao forno a cozer em banho maria durante cerca de 50 minutos.
  7. Depois de retirar do forno deixe o pudim arrefecer na forma. Desenforme depois de frio e sirva decorado a gosto.

Como decorar o pudim de Natal

decorar pudimFonte: Tastemade

Existem várias formas de decorar o pudim de Natal:

  1. Aproveitando as cascas de ananás e colocando-as em volta da travessa;
  2. Com bolinhas de açúcar por cima;
  3. Com arranjos verdadeiros, como azevinhos;
  4. Com açúcar em pó por cima;
  5. Com frutos vermelhos;
  6. Com frutos secos;
  7. Ou de muitas outras formas, sendo apenas necessário que se deixe levar pela imaginação!

Veja também: