Publicidade:

Quando começar a poupar para a reforma: alertas e sugestões

Quando começar a poupar para a reforma? Esta é uma questão que deve estar na ordem do dia das famílias para assegurar qualidade e tranquilidade na velhice.

Quando começar a poupar para a reforma: alertas e sugestões
Não adie mais, escolha o plano certo para sua reforma

Quando começar a poupar para a reforma? Esta é uma questão premente nos dias de hoje. É importante ter em conta que a esperança de vida dos portugueses aumentou e aos 66 anos e 4 meses é possível obter a reforma sem penalizações. No entanto, mesmo sem penalizações, a pensão será bem menor que o último salário.

Ainda há muito para viver e essa altura da vida deveria ser de qualidade e sem preocupações. Mas é preciso poupar e saber poupar.

Quando começar a poupar para a reforma

quando-comecar-a-poupar-para-a-reforma

Hoje! Porque, na verdade, já devia ter sido ontem. Quanto mais cedo o leitor começar a poupar para a reforma, menos dinheiro terá de colocar todos os meses de lado.

Imagine que o seu salário ronda os 1000€ e a sua reforma será sensivelmente de 600€. Para garantir um rendimento semelhante ao que auferia enquanto trabalhava precisará de mais 400€ por mês.

Colocar 400€ no banco todos os meses é bem capaz de ser economicamente insustentável. Mas, se começar a poupar ainda jovem e com muitos anos de trabalho pela frente, só necessitará de amealhar mensalmente quantias bem menos significativas. Assegurar um complemento de reforma torna-se mais fácil.

Pode, por exemplo, colocar todos os meses 50€ no banco. Conforme vai envelhecendo deve aumentar a quantia de poupança. E ir fazendo contas para assegurar um rendimento mensal desafogado na velhice.

Como já deve ter percebido, o ideal dos ideais de quando começar a poupar para a reforma é mesmo logo que se entra no mercado de trabalho, apesar de os jovens não pensarem muito na velhice. E, por isso, a questão coloca-se normalmente já numa fase mais madura da vida. Embora se esteja sempre a tempo, o esforço de poupança irá aumentar. Claro que tudo está dependente dos seus objetivos para essa época da vida.

Por isso, o leitor deve pensar em como pretende viver a reforma e de quanto dinheiro necessitará. Traçar objetivos para essa fase da vida irá permitir ter uma noção de quanto terá de poupar todos os meses.

O primeiro passo é calcular a reforma. Com base no valor apurado já poderá definir quanto dinheiro necessita de poupar para garantir um rendimento semelhante ao do salário, ou que se aproxime às necessidades que perspetiva.

Sugestões de poupança

quando-comecar-a-poupar-para-a-reforma

As poupanças para a reforma podem ser aplicadas em produtos financeiros que permitam rentabilizar o dinheiro. Os bancos disponibilizam várias soluções de investimento de médio e longo prazo, há também os planos poupança reforma, os certificados de aforro, certificados de reforma, entre outros produtos.

Terá de analisar o mercado e optar pelos investimentos que lhe pareçam mais vantajosos e seguros. Diversificar esses investimentos também pode ser uma boa opção.

A poupança para a reforma exige regularidade. Todos os meses, sem exceção, deve ser colocado um montante no mealheiro. Quando se é aumentado, a poupança também deve seguir esse crescimento de rendimento. E como a esperança de vida está a aumentar, não se esqueça que deve gerir as poupanças mesmo já reformado.

Veja também: