Quanto custa equipar uma cozinha?

Se não sabe quanto custa equipar uma cozinha, não perca este artigo onde detalhamos tudo o que vai precisar e respetivos preços. 

Quanto custa equipar uma cozinha?
Tudo o que precisa para a sua cozinha.

Visite casas para venda e aluguer sem ter de sair do sofáSe tem uma casa nova ou decidiu renovar o seu cantinho, uma das primeiras perguntas que se impõe é: quanto custa equipar uma cozinha? Depende do que pretende fazer mas, à partida, uma generosa parte do seu orçamento vai para cozinha, afinal, é a divisão mais importante da sua casa. Seja qual for a quantia que tem disponível, o primeiro passo é planear.

Que tipo de cozinheiro é? Ou será que não cozinha nada de nada? Se vai usar muito a sua nova cozinha, vale a pena investir em bons equipamentos, que durem bastante tempo e cumpram, de forma eficaz, a função a que se destinam. Na cozinha, o barato sai caro e, além disso, daqui a nada tem gavetas e armários cheios de coisas que não lhe servem.

Para o ajudar neste planeamento e orçamentação, deixamos a nossa lista de essenciais e respetivos valores para saber quanto custa equipar uma cozinha. Vamos indicar-lhe valores de grandes superfícies comerciais mas sugerimos que consulte a sua loja de eletrodomésticos local onde deve conseguir preços mais simpáticos. E, claro, não deixe de comparar os valores no Kuanto Kusta.
 

Todos os custos para equipar uma cozinha de raiz

 

1. Grandes eletrodomésticos

Vamos assumir que a cozinha não está equipada e que vai precisar adquirir frigorífico, fogão, forno, exaustor e máquina de lavar loiça. Antes de avançar, sugerimos que invista em eletrodomésticos de classe A ou superior, o investimento por agora é mais pesado mas vai poupar no futuro.
 

Frigorífico
Se tem espaço suficiente, sugerimos que adquira o maior frigorífico que encontrar para o espaço disponível. É onde vai gastar mais dinheiro, por isso, não convém poupar ou dentro de pouco tempo terá que repetir a compra. Não se esqueça que é o eletrodoméstico que consome mais energia, por isso, poupe nas restantes compras para poder investir, pelo menos, num frigorífico de classe A++.
Pode custar entre 360€ até mais de 1500€.
 

Fogão 
Se cozinhar é das suas coisas preferidas e tem espaço, sugerimos que opte por uma placa mista que combine a opção de indução, mais económico e mais rápido, com discos a gás para obter aquele sabor e temperatura que só o gás consegue. Se não for possível, pelo menos, opte pela indução (hoje em dia já existem trens de cozinha muito acessíveis em grandes superfícies como a Ikea) que pode custar entre 280€ e 1200€. Para incluir discos a gás conte com preços entre 130€ e 550€.
 

Forno
Para o forno, só temos uma dica essencial: limpeza pirolítica, que é como quem diz, limpeza automática. É, literalmente, uma limpeza (perdoem-nos esta espécie de tripla redundância)! Nunca mais se vai ver a braços com a dura tarefa de esfregar o forno e já pode preparar todos os assados de domingo e bolos gulosos que quiser.
Pode custar entre 350€ até mais de 2000€
 

Exaustor
É difícil encontrar um bom exaustor que, de facto, livre a sua casa do perfume a refogados, fritos e assados, no entanto, são uma boa ajuda para controlar a humidade libertada pelos tachos e que, mais dia menos dia, podem pintar a sua cozinha a negro.
Entre 60€ e 2500€ encontra imensa oferta!
 

Máquina de lavar loiça
Certo, a máquina de lavar loiça não é essencial mas, se o seu orçamento permite, é uma boa aposta porque simplifica a pior parte de comer… limpar. Uma máquina de lavar loiça normal, ou seja, sem ser de encastre poupa-lhe euros e complicações.
A partir de 250€ encontra boas opções.

 

2. Pequenos eletrodomésticos

Quando se trata dos pequenos eletrodomésticos, é fácil perder a mão e acabar por comprar mais do que aquilo que precisa. Resultado: acaba com as gavetas povoadas de utensílios que nunca utilizou ou sequer sabe para o que servem. Na sua cozinha apenas precisa de seis equipamentos, tome nota.

 

Máquina multifuncões
Se cozinhar não é a sua especialidade ou, com tudo o que tem para fazer, sobra pouco tempo e precisa de uma ajuda no fogão, recomendamos que invista numa máquina de cozinha que simplifique e cozinhe por si enquanto de dedica a outras coisas. Fica bem servido com a Chef Express do Pingo Doce, fabricada em Portugal, com balança incorporada, não precisa de trocar lâminas e cozinha até 120 graus. Disponível por 399€.
 

Robot de cozinha
Um robot não cozinha como a máquina multifunções mas faz coisas que esta não faz, nomeadamente, fatiar legumes como se tivesse um samurai na cozinha. Pense bem no tempo que poupa, especialmente, se tem pouca perícia com as facas. Além disso, é um complemento à máquina porque, enquanto uma cozinha, no robot pode triturar sopa ou purés, fazer um bolo ou massas frescas.
Sugerimos o Robot de cozinha Jamie Oliver (HR7782/00), da Siemens. Disponível a partir de 119€.
 

Aspirador vertical
Com o mesmo objetivo do anterior, a ideia de ter um aspirador vertical ou um mini-aspirador passa por facilitar a tarefa diária de limpar o chão da cozinha ou qualquer coisa que suje o espaço de trabalho. A primeira opção parece-nos melhor porque poupa as suas costas.  Os aspiradores verticais estão disponíveis a partir de 90€ e os mini-aspiradores encontra por 25€.
 

Cafeteira elétrica
Sem dúvida, é um eletrodoméstico que não pode faltar numa cozinha! Aquece água em segundos que fica pronta para um chá, para começar a cozinhar ou para adicionar a um tacho sem quebrar a cozedura. Disponível a partir de 14€.


Máquina de café
De cápsulas ou com filtro, português que é português, dificilmente vive sem um ou vários cafés ao longo do dia. Se é o seu caso, é mais um artigo que tem que juntar à sua lista para calcular quanto custa equipar uma casa. As máquinas de cápsulas estão disponíveis a partir de 30€. Para quem prefere de filtro, há opões a partir de 20€.


Torradeira
Por fim, torradinhas para o pequeno-almoço e tostas mistas para o lanche nunca podem faltar, verdade? E ainda pode grelhar um bifes de frango ou uns legumes para um jantar mais rápido mas delicioso e saudável. Disponíveis a partir de 25€.

 

3. UTENSÍLIOS IMPRESCINDÍVEIS

Se seguir as nossas dicas do ponto anterior, aqui pode fazer uma poupança significativa. Procure resistir a todos os gadgets culinários que lhe vão aparecer pela frente, sabemos que é difícil mas seja forte. Há alguns utensílios que não podem faltar mas, a grande maioria, é mesmo só tralha. 
 

Para cortar
Vai ter que investir numa boa faca de cozinheiro, uma outra para descascar, uma para cortar pão e um bom ralador. Se tem um orçamento folgado, recomendamos as facas da marca Ivo Cutelarias onde um conjunto de facas para descascar ronda os 100€. Se está em controlo de custos, opte pelas facas da gama Ikea 365+ e por pouco mais de 30€ tem o que precisa.

Não se esqueça de incluir na lista um bloco para facas e um afiador cerâmico, essenciais para a sua boa manutenção, ambos por menos de 20€ na famosa loja sueca. As tábuas para corte não podem faltar e também fica bem servido com a oferta da Ikea que ronda os 16€.
 

Para misturar
Para medir e misturar vai precisar de várias taças de melamina, vidro ou de metal, um escorredor,  alguns medidores de líquidos e sólidos, colheres de pau, espátulas de silicone, espátulas para barrar e batedores de arame de vários tamanhos, do enorme ao minúsculo. Em números muito redondos, considere cerca de 100€ para estas compras.


Para cozinhar
Aqui vale a pena investir num bom trem de cozinha por duas razões: já traz tudo incluído (tachos, panelas e sertãs de vários tamanhos) e a qualidade garante durabilidade e bons cozinhados. Um conjunto de nove peças, da Silampos, custa pouco mais de 150€.

Não pode esquecer as resistentes travessas Pyrex, de diferentes tamanhos, para ir ao forno. Um conjunto de quatro assadeiras pode custar, no total, até 100€. E, claro, formas para bolos normais e amovíveis, de vários tamanhos, compra nos hipermercados por menos de 20€, no total.
 

Para servir
Só podemos recomendar um serviço de pratos branco, que encontra por pouco dinheiro em qualquer hipermercado e que lhe garante versatilidade. No mínimo, compre quantidade suficiente para doze pessoas que, em qualquer hipermercado ou nas lojas outlet das melhores marcas, lhe custa pouco mais de 30€.  Já têxteis, copos, jarros e talheres para doze, se comprar em grandes superfícies, por bem menos de 100€ faz a festa.


Bom, depois disto tudo, esperamos ter ajudado e, agora, é só fazer as contas!
 

VEJA CASAS PARA VENDA AO SEU GOSTO SEM TER DE SAIR DO SOFÁ


Veja também: