Dinheiro: quanto poupar para ter 1 milhão?

É possível poupar até ser milionário? Uma ideia um pouco utópica, mas possível.  Saiba como planear e quanto poupar para ter 1 milhão.

Dinheiro: quanto poupar para ter 1 milhão?
O truque está nas pequenas poupanças e no planeamento

Chegar aos 65 ou 70 anos, com uma boa quantia acumulada, que lhe permita uma reforma antecipada, ou pelo menos uma garantia de um resto de vida mais desafogada é um desejo de muitos. Mas o problema é que é preciso começar cedo. Vamos calcular quanto poupar para ter 1 milhão.

Estamos a falar de idades realistas, porque se não conseguir acertar na chave vencedora do Euromilhões, tem mesmo de esperar pelos anos dourados da sua vida para chegar a uma poupança de 1 milhão de euros. O norte-americano David Bach, autor e guru financeiro defende que um bom planeamento, cumprimento dos objetivos e bons investimentos é tudo o que é necessário.

O segredo está em começar cedo a pôr dinheiro de parte. E aqui entra o planeamento e o cumprimento dessa poupança diária obrigatória. Claro que é necessário ter em conta taxas de juro, o desejo é que se mantenham mais ou menos sempre estáveis.

Quanto poupar para ter 1 milhão: o plano

Vários autores da área financeira começam por aconselhar a desistir de gastos mais supérfluos, normalmente resultantes de hábitos pouco saudáveis. Falamos de chocolate, café, cigarros. Colocar o valor diário, ou semanal, que gasta nestes vícios de parte, pode surpreendê-lo. Por vezes gastar mais 1€ aqui ou 2€ ali pode não parecer muito. Se lhe falarmos em termos mensais ou anuais, o peso da poupança é evidente.

Bach apresenta os seus cálculos em dólares, mas a taxa de câmbio hoje apresenta uma diferença bastante reduzida entre a moeda norte-americana e o euro. O autor defende que, começando aos 20 anos, se puser de parte 2€ por dia, isso vai resultar em 60€ poupados ao fim de um mês e 720€ num ano. Aplicando bem o dinheiro, com taxas de juro a rondarem os 12%, é possível chegar aos 65 anos com 1 milhão.

planear

Claro que começando mais tarde, o valor poupado diariamente aumenta. Mas se conseguir taxas de juro ainda mais vantajosas, reduz a distância. Aos 30 anos, por exemplo, teriam de se poupar 6€ por dia e aos 40, 21€.

David Bach apresenta, nos seus livros, taxas de juro a 12% por ano, nos investimentos. O que seria o feito ideal, mas também o mais difícil de controlar neste plano.

É possível lá chegar antes dos 65 anos?

Hipoteticamente, sim. Uma nota extremamente importante: as aplicações financeiras onde colocamos as poupanças a render. Informe-se bem sobre contas e planos poupança.

A dica continua a ser começar a poupar o mais cedo possível e estabelecer objetivos no que toca a quanto poupar para ter 1 milhão. Para ajudar, comece por usar algo físico e palpável, como acumular dinheiro diariamente num mealheiro ou numa caixa, comprometendo-se a não tocar nesse valor até atingir um determinado objetivo.

Esteja atento ao mercado e invista de forma inteligente e não apressada. Por vezes, para fazer mais dinheiro, não precisamos necessariamente de dinheiro. Siga algumas dicas do E-konomista para poupar no dia-a-dia.

Veja também: