Publicidade:

As 8 quedas de água mais bonitas do mundo

Será que já conhece estas impressionantes maravilhas da natureza? Descubra as 8 quedas de água mais bonitas do mundo.

As 8 quedas de água mais bonitas do mundo
Victoria Falls, a maior queda de água do mundo

A natureza sabe surpreender-nos de muitas maneiras. Há paisagens incríveis espalhadas por todo o planeta, desde florestas luxuriantes a praias paradisíacas. Mas de entre todos os fenómenos naturais, as cataratas são sempre algo de espantoso e magnético. Fomos, por isso, à procura das quedas de água mais bonitas do mundo.

Da Europa à América, passando por África e pela Ásia, não faltam cenários maravilhosos, onde as montanhas e a força da água se exibem com toda a sua beleza e superioridade. A natureza no seu melhor, em 8 paisagens de cortar a respiração.

Quedas de água mais bonitas do mundo: 8 cenários de sonho


Iguaçu, Brasil e Argentina

Cataratas do Iguaçu

As famosas cataratas do rio Iguaçu fazem parte de um extenso parque natural que une o Sul do Brasil à Argentina. Classificado como Património Natural da Humanidade pela UNESCO, este imenso pulmão verde é constituído por 600 mil hectares de área protegida e 400 mil hectares de floresta primitiva.

As quedas de água são o seu maior atrativo e há uma série de atividades mais ou menos radicais, disponíveis para quem quer usufruir de perto desta monumentalidade, desde passeios de helicóptero ao rafting. São 275 quedas de água no total, sendo que as mais impressionantes ficam a 82 metros de altura.

Plitvice, Croácia

Plitvice, Croácia

Não é só nos destinos mais longínquos e exóticos que encontramos as mais bonitas quedas de água do mundo. A zona dos Lagos Plitvice, na Croácia, é absolutamente mágica e merece ser visitada. As cascatas sobressaem numa paisagem já por si maravilhosa, com os passadiços de madeira a convidarem à descoberta.

Igualmente Património Natural da Humanidade, o Parque Plitvice fica a cerca de 200 km de Zagreb e integra 16 lagos, cujas tonalidades da água, entre o verde e o turquesa, contribuem para a sua atmosfera onírica. As cascatas separam os lagos e o cenário é ainda mais incrível no inverno, quando as quedas de água ficam congeladas.

Seljalandsfoss, Islândia

Cascata de Seljalandsfoss

A Islândia é um dos destinos europeus mais procurados por estes dias. As suas paisagens singulares, que mostram a natureza em estado puro, são a sua principal atração. A cascata de Seljalandsfoss é impressionante e faz parte do roteiro de qualquer turista no país de Björk.

Fica no sul da ilha, a cerca de 30 km de Skógar e apesar de haver outras cascatas bonitas na Islândia, esta apresenta a particularidade de se poder contemplá-la também pelo lado de trás, devido a uma cratera na rocha. Um panorama único que já serviu de inspiração e cenário a filmes de Hollywood.

Salto Ángel, Venezuela

Salto Ángel, Venezuela

Segundo o Livro de Records do Guiness, esta é a queda de água mais alta do mundo, com 979 metros de altura. Situa-se no Parque Nacional Canaima, no Sudoeste da Venezuela.

A elevada distância a que se encontra do solo faz com que a água se evapore pelo caminho e chegue ao final já sob a forma de uma fina névoa. O nome da queda de água foi uma homenagem a James Crawford Angel, o piloto norte-americano que, em 1933, descobriu esta maravilha da natureza.

Sekumpul, Bali, Indonésia

Sekumpul, Bali

A ilha de Bali, na Indonésia, não atrai apenas pelas suas praias, veneradas sobretudo por surfistas. Na verdade, há aqui diferentes tipos de paisagens naturais, como os lagos e as quedas de água, inseridas em florestas densas, que deixam os visitantes extasiados.

A cascata de Sekumpul não é, no entanto, das mais conhecidas, devido ao seu difícil acesso. Na verdade, são sete quedas incríveis, com a maior a cair de uns interessantes 50 metros. Para se aventurar, vai precisar de coragem e calçado adequado.

Niagara, EUA e Canadá

Niagara Falls

As Niagara Falls são, talvez, as cataratas mais famosas do mundo. E percebe-se o porquê: situadas na fronteira entre os Estados Unidos e o Canadá, são um espetáculo verdadeiramente prodigioso, não tanto pela altura, mas pelo volume de água.

O nome advém do rio Niagara, cujas quedas de água seduzem turistas e curiosos desde o século XIX. Divididas em três grandes grupos – Americanas, Canadianas e Bridal Veil (Véu de Noiva), são as Canadianas as mais espantosas, com os seus 792 metros de largura.

Yosemite, Califórnia

Parque Yosemite, Califórnia

Ainda em solo americano, destaque para o colossal Parque Nacional de Yosemite, onde se encontra outras das mais bonitas quedas de água do mundo. Aqui, chegam anualmente mais de três milhões de turistas, seduzidos pela imensidão e originalidade das suas formações rochosas, assim como pelas quedas de água.

São muitas as cascatas que se podem contemplar aqui, mas o protagonismo vai para as Yosemite Falls, com 739 metros de altura, registo que faz dela a maior queda de água da América do Norte e a terceira maior do mundo.

Victoria, Zâmbia e Zimbabwe

Victoria Falls, África

E terminamos esta lista das quedas de água mais bonitas do mundo em grande, com as Victoria Falls. Ficam em África, na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabwe, e a sua imponência deixa-nos sem palavras.

Situadas no rio Zambezi, são consideradas a maior “cortina” de água em queda do mundo. No pico da estação das chuvas, são mais de 500 milhões de metros cúbicos a cair na borda da catarata por minuto, o que faz com que o som seja ouvido a mais de 40 quilómetros de distância.

Veja também: