Tudo o que sempre quis saber sobre o queijo da ilha

O queijo da ilha é uma relíquia gastronómica açoriana muito apreciada. Saiba tudo sobre este queijo tradicional.

Tudo o que sempre quis saber sobre o queijo da ilha
Saiba tudo sobre o queijo da ilha

Conheça a história do queijo da Ilha, as suas características tão particulares, onde pode adquiri-lo, quais os principais produtores e outras informações úteis para fãs deste manjar.

O famoso queijo da ilha é, mais especificamente, um queijo de uma ilha – a Ilha de S. Jorge, nos Açores. Cerca de 80% da área desta ilha é coberta por pastagens, onde são alimentadas anualmente cerca de 8000 vacas de leite. Fique a conhecer a história do queijo da Ilha, o seu processo de fabrico e algumas curiosidades sobre o mesmo.

O que saber sobre o queijo da ilha


História

Crê-se que o queijo da Ilha tenha começado a ser produzido na Ilha de S. Jorge nos primórdios da colonização desta ilha – há cerca de 5 séculos – condicionado por condições climáticas excelentes para a produção de pastagem e pela introdução de gado na ilha, que fez com que cedo se recorresse ao fabrico de queijos como forma de aproveitamento dos excessos da produção do leite e ainda como reserva alimentar.

Por influência de uma família de grandes proprietários e grandes produtores de queijo – a família Cunha da Silveira – foram introduzidas algumas melhorias tecnológicas na produção de queijo, recorrendo-se à vinda de técnicos estrangeiros.

O queijo da ilha é o produto de quase quinhentos anos de evolução na produção de queijo de leite de vaca. Mantém ainda hoje as características específicas que o clima e a vegetação das pastagens da ilha determinam por via do leite cru utilizado.

A sua forma e a consistência da pasta parecem ter ganho as suas características atuais há cerca de 200 anos, mantendo-se desde aí relativamente constante.

Em 1986 foi dado um relevante passo, com a regulação da produção do queijo, com a criação da Região Demarcada do Queijo de São Jorge e a regulamentação do registo de DOP – Denominação de Origem Protegida, atribuído à marca Queijo São Jorge.

Em 1991 foi criada uma confraria, de nome Confraria do Queijo de São Jorge, à qual foram atribuídas funções na constituição da câmara de provadores para certificação na estrutura associada à UNIQUEIJO, a estrutura gestora da produção.

Processo de fabrico

queijo da ilha

O queijo da ilha é produzido através do leite de vaca. É um queijo curado e de consistência dura, obtido por dessoramento e prensagem após a coagulação do leite da vaca.  O processo de cura pode demorar entre 1 a 3 meses. É geralmente vendido em pedaços, contudo o formato original é cilíndrico e um queijo inteiro pode pesar entre 5 a 7 quilos. Embora o seu aroma não seja forte, o sabor é intenso e pode ser considerado ligeiramente picante.

Certificação DOP

A 22 de Novembro de 1991 constituiu-se, por escritura pública, a Confraria do Queijo de São Jorge, que em 22 Novembro de 1994 foi reconhecida como o organismo privado de controlo e certificação do Queijo São Jorge.

A Confraria passou a gozar do estatuto de utilidade pública pelo Despacho n.º 649/2006, de 4 de Julho, do Presidente do Governo Regional dos Açores.

Sendo a entidade certificadora do produto a Confraria do Queijo de São Jorge, o agrupamento de produtores gestor da Denominação de Origem Protegida é a UNIQUEIJO – União de Cooperativas Agrícolas da Ilha de São Jorge.

Principais produtores e onde comprar

O principal produtor – a UNIQUEIJO – dedica-se exclusivamente à armazenagem, à cura e ao embalamento do muito apreciado tradicional Queijo São Jorge. Pode comprar este queijo em variados locais. Ele existe em abundância nos Açores, mas fora dos Açores encontrará também este queijo nas grandes superfícies comerciais.

Pode ainda encomendá-lo em alguns outros sites que fazem a venda online, como o espaço açores, a mercearia dos açores ou deli Portugal, que são sempre uma boa opção para quem procura o melhor queijo.

Faça uma visita aos Açores e delicie-se com esta e outras relíquias. Conheça os pacotes de viagem e estadia TopAtlântico >>

Veja também: