10 razões para conhecer o país menos visitado da Europa

De acordo com a Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas, em 2016, San Marino foi o país menos visitado da Europa. Mas saiba por que deve visitá-lo.

10 razões para conhecer o país menos visitado da Europa
San Marino é o destino a conhecer

Entre Paris, Madrid, Londres, Roma, Amesterdão, Alpes Suíços, bem sabemos que há destinos na Europa altamente chamativos e interessantes. Porém há um local, o país menos visitado da Europa, de acordo com a Organização Mundial do Turismo, que oferece 10 bons motivos para uma visita.

San Marino está situado no interior do centro-norte da Itália e é mais conhecido pelas suas montanhas e pelas fortalezas medievais. Os três castelos têm vistas espectaculares e são os três principais motivos pelos quais a UNESCO classificou o centro histórico como património mundial.

Os visitantes podem ainda dar um passeio pelas praias próximas, que mantêm os mesmos encantos da costa italiana, ou desfrutar do centro histórico da cidade antes de se deliciar com uma refeição praticamente caseira, feita com carnes assadas e vinhos provenientes de quintas locais.

San Marino é o quinto país independente mais pequeno do mundo, o estado soberano mais antigo, porém, sem dúvida, um dos mais interessantes e ainda visto como um enigma. Ocupa uma área de cerca de 60 km2, mas possui um dos maiores PIBs per capita do planeta.

10 razões para visitar San Marino

Pode ser o país menos visitado da europa, bastante pequeno, mas encantos não lhe faltam. Descubram quais são.

1. Três castelos

guaita-san-marino

Três fortalezas – Guaita, Cesta e Montale – cortam a longa crista do Monte Titan, cada uma com uma torre de onde é possível ter uma vista panorâmica sobre todo o país: da planície costeira, de Rimini e do mar até a costa da Dalmácia. Estes são ligados por um caminho pavimentado, cuja parte inferior está alinhada com pequenas lojas que vendem snacks, bebidas e sourvenirs, dando ao topo da montanha um aspeto mais divertido e menos formal.

2. Palazzo Pubblico

palazzo publico san marino

A casa de governo de estilo neogótico, o Palazzo Pubblico, com a sua torre quadrada foi projetada pelo arquiteto Francesco Azzurri no final do séc. XIX e construída em pedra no Monte Titan. A fachada está decorada com brasões da República e dos quatro municípios que a constituem, e no interior, uma escadaria leva até ao Salão do Conselho no último andar.

3. Piazza della Liberta

piazza della liberta

Piazza della Liberta é um verdadeiro íman para turistas, porque com frequência, ao longo do dia, é possível assistir ao render da guarda, numa cerimónia animada e colorida. Os uniformes são compostos por uma jaqueta verde-escura, calças vermelhas com uma faixa verde, chapéus com pompons vermelhos e polainas brancas. Um cenário a não perder.

4. Museu Nacional

museu nacional san marino

Este excelente museu no histórico Palazzo Pergami Belluzzi mostra coleções arqueológicas que começam com os artefatos da Era Neolítica, descobrimentos etruscos e romanos e incluem antiguidades egípcias, ícones bizantinos, pinturas do século XVII e moedas antigas de San Marino. Muitos dos quase cinco mil itens do museu foram doados no século XIX, a partir de coleções particulares de intelectuais italianos e figuras políticas que queriam mostrar a admiração pela pequena república.

5. Basílica de San Marino

basilica san marino

Esta basílica neoclássica foi construída no início do século XIX por cima de uma igreja românica do século IV, que havia sido abandonada. O interior é de estilo basílico clássico, com uma nave longa e dois corredores laterais alinhados com altares.

6. Museu de Cera

museu de cera san marino

As 100 figuras de cera no museu representam personagens históricas significativas, como Benito Mussolini, Adolf Hitler, Jacqueline Kennedy, Papa João XXIII e Giuseppe Garibaldi. Mas também não faltam inventores: Marconi com o seu telégrafo, Galileu de telescópio na mão, Da Vinci segurando um pincel. Aqui também é possível testemunhar alguns momentos históricos mundiais importantes, como o assassinato do presidente Abraham Lincoln no Ford’s Theatre.

7. Museu das Curiosidades

museu da curiosidade san marino

Será certamente um dos museus mais peculiares e divertidos que visitará em toda a vida. O foco deste espaço é uma coleção de objetos estranhos e invenções peculiares, bem como as respetivas histórias. Do mais curioso que por lá se encontra, destacamos chinelos de madeira de 60 centímetros de altura projetados para usar nas águas altas de Veneza; as unhas do mundo mais longas; uma ratoeira alemã de 1700 e uma armadilha para pulgas.

8. Museu Maranello Rosso Ferrari

Museu Maranello Rosso Ferrari san marino

Localizado no sopé do Monte Titan, este museu abriga uma coleção de automóveis relacionados com a história, vida e carros de Enzo Ferrari e Carlo Abarth. Encontrará carros desportivos, de Fórmula 1 e carros pertencentes a pessoas famosas, incluindo o primeiro Ferrari Spyder projetado por Pininfarina e de propriedade de Marilyn Monroe. Um deleite para os amantes de quatro rodas.

9. Museu das Armas Modernas

Museu das Armas Modernas san marino

Apresentados no Palazzo Manzoni Borghese, em frente à Basílica de San Marino, são mais de dois mil exemplos de armas de fogo, munições e baionetas utilizadas na Primeira e na Segunda Guerra Mundial. Uma verdadeira lição de história.

10. Monte Titan

monte titan

Um teleférico transporta visitantes para o centro histórico da cidade até ao monte Titan, o ponto mais alto do país, 739 metros cima do nível do mar. Foi inscrito como Património Mundial da UNESCO em 2008, sob o título combinado “Centro Histórico de São Marinho e Monte Titano”. A paisagem montanhosa oferece excelentes vistas dos arredores e a localização isolada assegurou o isolamento necessário para que San Marino pudesse sobreviver como uma república nos últimos séculos.

Já conseguimos convencê-lo a conhecer as maravilhas de San Marino, o país menos visitado da Europa?

Veja também: