5 razões para ir a Myanmar este ano

Myanmar é uma república no sudeste asiático com paisagens e atrações de cortar a respiração. Neste artigo vamos deixar-lhe 5 razões para ir a Myamar ainda este ano.

5 razões para ir a Myanmar este ano
A antiga Birmânia é um país de mistérios e segredos

Myanmar, ou a antiga Birmânia, fica localizada o sudeste asiático. Deixamos-lhe 5 razões para ir a Myanmar este ano, por isso, meta pés ao caminho, marque as suas férias, faça as suas reservas e divirta-se.

5 pontos de visita obrigatória em Myanmar

1. Templo de Shwegadon

Templo de Shwegadon

Situado na antiga capital de Myanmnar, Yangon, o templo de Shwegadon é um dos locais sagrados que não pode perder na sua viagem por este país da Ásia. O seu nome, Shwegadon, está relacionado com as imensas folhas de ouro que o adornam – Shwe significa ouro – e com o antigo nomeado cidade onde se encontra – Gadon era o antigo nome de Yangon.

Com quase 110 metros de altura, os cumes do templo, que é o primeiro lugar santo budista da Birmânia, são cobertos a folhas de ouro e adornados com incontáveis diamantes, e pedras preciosas. Definitivamente uma das principais razões para ir a Myanmar.

2. Lago Inle

inle

Este que é um imenso lago de montanha um imenso lago de montanha, que fica quase a 1000 metros de altitude no estado Shan, no lado leste da Birmânia, é o local perfeito para flutuar através de encantadoras aldeias. Uma visita obrigatória para quem decide conhecer Myanmar.

Com cerca de 100 km de extensão e 5 km de largura, este maravilhoso lago birmanês é onde vivem os pescadores de etnia Intha, que significa olho do lago. Aqui pode observar o pov Intha remar com os pés e pernas sobre os pequenos barcos de madeira que flutuam pelo rio, ao mesmo tempo que pescam.

3. Mosteiro Nga Phe Kyaung

monastery

Este mosteiro, que pode ser visitado durante o passeio pelo Lago Inle, também é conhecido como Mosteiro dos Gatos Saltadores. Neste mosteiro os monges ensinam os gatos a saltar através de um arco, o que é uma atracção e uma curiosidade. Nga Lhe Kyaung é o mais antigo dos 268 mosteiros que se encontram em volta do Lago Inle.

Aqui pode deixar-se perder pela beleza dos altares que são o resultado do trabalho filigranado com embutidos e pedras preciosas. Para além disso, pode ainda observar a fabulosa colecção de Budas, imagens lindíssimas de Bagan, Shan e Intha. Neste mosteiro também existe uma escola onde jovens aspirantes a monges estudam os ensinamentos de Buda.

4. Ponte U Bein

U Bein

Deslumbre-se com o pôr do sol na famosa ponte U Bein, a maior e mais antiga ponte de madeira do mundo, com cerca de 1,2 km e mais de 150 anos. Esta ponte, que por questões de segurança, viu os seus pilares centrais serem substituídos por pilares de cimento, é um verdadeiro orgulho para o povo de Myanmar e é ponto de visita obrigatória.

5. Mandalay

Mandalay Hill Fonte da imagem: BPHAM.com Photography

Ir à Birmânia, obriga a que visite também Mandalay, a capital cultural e segunda maior cidade do país. A cidade que foi eternizada no poema com o mesmo nome da autoria de Rudyard Kipling e que fala de um soldado britânico que se rendeu à sua beleza e exotismo. Aqui visite o palácio, mosteiros, suba à colina que deu o nome à cidade e deixe-se deslumbrar pela espetacular vista de 360º sobre toda a cidade.

Pronto para marcar a sua viagem a Myanmar? O próximo passo é encontrar o hotel ideal para a sua estadia. Na trivago é possível encontrar o melhor hotel neste destino, sempre ao melhor preço. Ver alojamento em Myanmar >>

Veja também: