5 razões para ir à Nova Zelândia este ano

A Nova Zelândia tem muito para oferecer, desde praias, vulcões, vinhos, desportos radicais e um clima bem definido. Vamos convencê-lo a ir à Nova Zelândia.

5 razões para ir à Nova Zelândia este ano
Fique a conhecer boas razões para visitar a Nova Zelândia

São imensas as razões para ir à Nova Zelândia, e não vamos apenas convencê-lo com o clima ameno ou as praias paradisíacas.

Desde atividades desportivas radicais a vinhos ímpares ou ainda à descoberta duma propriedade rural que serve de cenário para um dos filmes mais conhecidos do mundo, este país dividido em duas ilhas – Ilha Norte e Ilha Sul – irá surpreendê-lo pela positiva!

Vá preparado para dias de praia, dias de caminhadas e dias mais radicais, pois ir ir à Nova Zelândia implica viver um pouco disto tudo.

Fique a conhecer 5 razões para ir este ano à Nova Zelândia

Visite os cenários do filme O Senhor dos Anéis

Hobbiton na nova zelandiaFonte da imagem: Ofpof

A Nova Zelândia é o país d’ O Senhor dos Anéis! Na verdade, este foi o local escolhido para servir de cenário. Um dos lugares mais visitados pelos fãs do filme é Hobbiton, uma propriedade rural que deu vida à vila dos Hobbits.

Para os fanáticos, existem visitas guiadas aos cenários do filme O Senhor dos Anéis, que podem ser em grupo ou individuais, consoante prefira uma visita mais íntima ou não.

Se for um verdadeiro fã, cremos que está é razão mais do que suficiente para ir à Nova Zelândia, confira o vídeo abaixo.

Prove dos melhores vinhos do mundo

vinícola na nova zelandiaFonte da imagem: invinepursuit.wordpress.com

A Nova Zelândia é reconhecida por produzir dos melhores vinhos do mundo, fabricados a partir da casta Sauvignon Blanc. As melhores vinícolas do país situam-se na região de Marlborough e em Auckland.

Exporta, em média, 58,7 milhões de litros de vinho por ano. Dispõe de 10 regiões produtoras de vinho em todo o seu território, onde operam cerca de 530 vinícolas.

Se adora vinhos e quer explorar os processos da produção do vinho da Nova Zelândia, embarque numa das variadas visitas guiadas a vinícolas e provas de vinho , são várias as opções e distribuem-se um pouco por todo o país.

Desfrute de tudo que a natureza pode oferecer

Parque Nacional de Tongariro na nova zelandiaFonte da imagem: kiwiyoutoo.com

Ir à Nova Zelândia inclui sempre ficar-se abismado com a natureza envolvente.

A Nova Zelândia é um dos países com maior diversidade de paisagens naturais no mundo, o que quer dizer que um admirador da natureza poderá incluir no seu roteiro várias visitas a diferentes fenómenos, desde geiseres, a vulcões ou praias.
Se é fascinado por vulcanologia, fique a saber que este país abriga centenas de vulcões, uns ativos e outros inativos, sendo que é permitida a visita a alguns deles.

O vulcão mais ativo é o Whakaari, situado na White Island e pode fazer-lhe uma visita guiada.

Se gosta destes fenómenos geológicos, passe na Ilha Norte e visite a cidade Rotorua, localizada nos arredores de três vulcões ativos, onde poderá observar ainda vários lagos, fontes termais e geiseres.

Em Auckland poderá também visitar vulcões, já que esta cidade contém cerca de 50 vulcões inativos ao seu redor.

O Parque Nacional de Tongariro, na Ilha Norte é o parque nacional mais antigo da Nova Zelândia e encontra-se rodeado por vulcões ativos, lagos multicoloridos e montanhas, sendo o local ideal para a prática de atividades radicais, durante todas as épocas do ano.

Conheça praias paradisíacas e quase desertas

catedral cove na nova zelandiaFonte da imagem: National Geographic

Se planeia ir à Nova Zelândia, prepare a roupa de praia e parta para uma aventura exótica.

Longe do turismo de massa internacional, as praias da Nova Zelândia são muito bonitas e quase desertas, por isso, se precisa de algum sossego, saberá para onde se dirigir.

Recomendamos uma visita à Península de Coromandel, também na Ilha Norte. Uma vez na península, faça uma visita à Reserva Marinha Te Whanganui-A-Hei, também conhecida como Cathedral Cove.

Auckland abriga praias selvagens e ilhas isoladas, se gosta de praias paradisíacas e sem muita movimentação, Auckland será a sua praia.

Aventure-se em desportos radicais

descida de rapidos em QueenstownFonte da imagem: gateway.net.nz

Se passar pela Península de Coromandel, recomendada pelas suas praias magníficas, aproveite ainda para a prática da canoagem!

Caso opte por outros destinos, Queenstown destaca-se como a capital mundial dos desportos radicais. A cidade localiza-se na Ilha Sul e encontra-se situada entre montanhas, baías, florestas, lagos, etc., que conferem a este destino a atmosfera perfeita para a prática de variadíssimas atividades.

A oferta de atividades radicais em Queenstown vai variando consoante a época; no Inverno é munida de pistas de esqui que atraem muitos desportistas e nos tempos mais quentes, atrai os amantes de bungee jumping, mountain biking, escaladas, caminhadas, passeios de barco, trilhos, entre muitos outros.

O já mencionado Parque Nacional de Tongariro, é recheado de aventuras, desde esqui a caminhadas, escaladas, banhos nas cascatas e trilhos, além de suportar uma infraestrutura hoteleira impecável. Boa viagem!

Veja também: