5 indiscutíveis razões para ir às Filipinas

Vai planear as férias para este ano? Decidimos dar uma ajuda e deixar-lhe 5 razões para ir às Filipinas. Conheça-as e faça as suas reservas.

5 indiscutíveis razões para ir às Filipinas
Deslumbre-se com as maravilhas escondidas

As Filipinas são um arquipélago que faz fronteira marítima com Taiwan, Malásia, Indonésia e Vietname. Têm dezenas de tesouros escondidos, pelo que se procura umas férias onde possa descobrir tesouros naturais escondidos, descansar a mente e equilibrar o seu espírito, este pode ser o seu sítio especial.

Visitar as Filipinas é sinónimo de muita diversão. Entre praias perfeitas, habitantes simpáticos e muita hospitalidade, natureza quase perfeita, comida deliciosa, bebidas baratas, massagens na praia… é só escolher. Além disso, é um país barato para viajar, onde com pouco dinheiro poderá fazer imensas atividades diferentes e que aqui seriam um pequeno luxo.

5 espetaculares lugares nas Filipinas

1. Palawan

Palawan

Palawan é a maior das das ilhas das Filipinas. Um autêntico paraíso na terra, que só tem metade do seu espaço ocupado. O restante é perfeito para uma verdadeira aventura de descoberta.

Nesta ilha que foi selecionada como a melhor região do sudeste asiático para 2017 pela revista National Geographic Traveler, pode desfrutar de tudo um pouco: desde a selva por desbravar, montanhas e infinitas praias de uma cândida areia branca.

2. Iloilo

Iloilo

Na capital da província de Iloilo, que muito frequentemente é designada como o coração das Filipinas, pode usufruir de uma rica herança natural, cultural, gastronómica e histórica.

Entre os seus preciosos edifícios históricos, a cidade de Iloilo tem muitas igrejas e duas catedrais. A Catedral Jaro é onde fica a diocese da igreja católica e é em frente ao seu edifício que se encontra a torre do sino, pois foi o que restou da antiga igreja, depois de um terramoto.

Para além disso, Iloilo é um local com maravilhosas paisagens naturais, festivais celebrados por toda a província e uma gastronomia deliciosa. No que respeita aos festivais, não pode perder o famoso festival Dinagyang, que é considerado o festival dos festivais e tem a duração de um mês.

O culminar das suas atividades é sempre no quarto domingo de janeiro e neste festival celebra-se a natureza e a proteção do ambiente, no caminho para uma vida mais vibrante, próspera, saudável e segura.

3. Rio Encantado Hinatuan, Surigao del Sur

Hinatuan

Nesta província das Filipinas tem de aproveitar as longas praias de areia branca, muitas vezes escolhidas como cenário para a prática de surf e também os bizarros pontos turísticos para os viajantes que não gostam de seguir as ondas da moda, mas preferem partir à descoberta. Não pode sair desta província sem antes descobrir o rio encantado Hinatuan.

Hinatuan é um rio de água salgada que desagua no Oceano Pacífico. Tem apenas cerca de 15 metros de profundidade e o seu curso de água é tão curto que é por muito pouco que é considerado um rio. No entanto, parece nascer do nada, o que faz com que os moradores da zona pensem que é milagroso, atraindo visitantes de todo o mundo com o objetivo de experimentarem as belas águas do Hinatuan.

4. Manila

Manila

A capital das Filipinas e segunda maior cidade em número de habitantes fica localizada na Baía de Manila e é uma cidade de grandes contrastes. Em Manila encontra uma grande herança história que contrasta com uma moderna cidade.

Com grande influência espanhola na sua arquitetura, pois foi também a capital durante o tempo de colonização espanhola, Manila está repleta de igrejas, museus, lojas e galerias de arte e teatros. A sua vida noturna é imparável, pelo que se vai visitar Manila conte com uma festa até ao amanhecer.

5. Aventuras vulcânicas

mindanao

As Filipinas são o lar de dezenas de vulcões, alguns dos quais muito ativos. Quando está calmo, pode tentar chegar ao topo do temperamental Monte Mayon em Bicol, mas é necessária que seja acompanhado por um guia, pois podem acontecer mini-erupções inesperadas e um guia estará mais preparado para este tipo de surpresas.

Se prefere uma opção um pouco mais segura, pode decidir-se por visitar o não tão procurado Camiguin, no Norte de Mindanao. Esta ilha possui mais vulcões por quilómetro quadrado do que qualquer outra ilha na Terra, de acordo com a Lonely Planet. Os caminhantes podem escalar as montanhas durante um dia seguido e aproveitar para aliviar as dores musculares nas muitas fontes naturais de água quente nas áreas circundantes. Uma experiência única de facto.

E se precisa ainda de mais razões para visitar este país, veja o vídeo do blogger João Cajuda, aquando da sua viagem no início de 2017.

Veja também: