AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

4 Razões para mudar de emprego

Há várias razões para mudar de emprego. Conheça as mais frequentes.

4 Razões para mudar de emprego
Longe vai o tempo em que os profissionais queriam ficar no mesmo emprego toda a vida.

Enriqueça o seu CV com um Curso de Inglês - 20 Aulas GrátisQuais são as razões para mudar de emprego?

A pergunta pode “levantar algumas sobrancelhas”, ou não estivesse o mercado de trabalho a atravessar uma fase complicada, com os números do desemprego em alta. De facto, nos dias que correm há várias razões que levam os profissionais a mudar de emprego.

 

Razões para mudar de emprego: as mais comuns

Atualmente poucos profissionais se mantêm no mesmo emprego durante anos e anos a fio. Mas então quais são as razões que podem justificar uma mudança de emprego? A verdade é que a era dos empregos para a vida já lá vai. E não apenas porque os vínculos contratuais já não são o que eram, mas também porque os próprios profissionais ambicionam mudar. Seja porque pretendem abraçar novos desafios, porque o salário não é atrativo ou porque o ambiente de trabalho é tóxico, razões não faltam e cada um terá as suas.

Mas por entre o vasto leque de razões apontadas, há algumas que não só são as mais frequentes como fundamentam essa opção (ou até, pode mesmo dizer-se, necessidade). Saiba quais são.

 

1. Salário (demasiado) baixo

Ora pois então. Ninguém trabalha apenas por “gosto à camisola” e o salário é uma componente central de qualquer contrato de trabalho. E ainda que não seja sempre o motivo, de facto um salário demasiado baixo pode estar na base desta decisão. Afinal todos têm contas para pagar no final do mês e todos pretendem ter boas condições de vida e até ter um dinheirinho extra para algumas “extravagâncias”. Para um profissional com um salário baixo, isso nem sempre é possível e, em muitos casos, impõe uma rigorosa “ginástica orçamental”, algo que ninguém pretende. A longo prazo esta será (certamente) uma das razões que poderá basear uma mudança de emprego.

 

2. Não se sente motivado

A falta de motivação é um dos maiores inimigos de um bom desempenho e da produtividade. Se um profissional está desmotivado com o seu trabalho algo está errado. E para esses a solução pode muito bem ser uma mudança de emprego.

 

3. A empresa está num mau caminho

Se as coisas vão de mal a pior na empresa e o mais certo é que acabe por falir ou ter problemas financeiros, a solução mais óbvia é mesmo procurar mesmo outra alternativa ou pode correr o risco de acabar no desemprego e sem grandes soluções.

 

4. Não tem perspetivas de evolução

Esta é outra das “suspeitas do costume” quando se fala em motivos para mudar de emprego. E é normal que assim seja. Qualquer profissional ambiciona ver o seu esforço e trabalho reconhecidos e, em última instância, ter a possibilidade de progredir na carreira, crescer enquanto profissional e abraçar novos desafios. Se essa é a sua ambição e não vê que essa seja uma possibilidade no seu trabalho atual, a mudança pode ser a resposta.

Além das razões que acabamos de enumerar, há outras que integram as listas das razões mais frequentes para uma mudança de emprego. Entre esses está o ambiente de trabalho (se é mau é normal que se procure algo melhor) ou o plano de carreira (um profissional com objetivos bem definidos e com um plano traçado, pode sentir necessidade de procurar outras oportunidades com vista a alcançar os seus objetivos profissionais). A própria qualidade de vida ou a flexibilidade horária que o emprego possibilita (ou não) podem ser outras das razões.

 

Tome as rédeas da sua carreira

Mudar ou não de emprego, eis a questão?

Mas esta é uma questão que apenas você pode responder e uma decisão que apenas você pode tomar. No fundo tudo se resume ao que pretende para a sua carreira. Afinal, se quer ter sucesso, tem que “tomar as rédeas” da situação e procurar o caminho certo para si.

Dicas e recomendações sobre Emprego, na subscrição da nossa Newsletter


Veja também: