AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Realização Profissional: mito ou realidade?

Perante os altos e baixos do seu percurso profissional, é normal que se questione se a realização profissional é um mito ou realidade.

Realização Profissional: mito ou realidade?
Enquanto profissionais todos esperam um dia alcançar a tão ambicionada realização profissional.

Realização profissional: mito ou realidade?
Esta é a pergunta que o pode “atormentar” a qualquer altura da sua carreira profissional. Não raras vezes, muitos profissionais estabelecem metas, que podem ter tanto de positivo como negativo dependendo da forma como as encaram. Em teoria, as metas têm uma finalidade muito simples: alcançar a realização profissional. Por isso, é comum que, um simples desvio do “plano traçado” levante dúvidas sobre o caminho a seguir.


Era uma vez…

Sim, a história da realização profissional é antiga. De facto, desde crianças que somos formatados para pensar no que queremos fazer e para estabelecer metas profissionais.

“O que queres ser quando fores grande?” Esta deve ser a pergunta mais constante e frequente ao longo das nossas infâncias. Mas se enquanto crianças é muito fácil sermos ingénuos e sonhar com aquela que será a grande missão das nossas vidas, já como adultos as coisas complicam um bocadinho.

Crescer implica a tomada de decisões que acabam por condicionar as nossas vidas. Começamos com coisas simples, como por exemplo a área de ensino a escolher no secundário, mas a verdade é que esta opção vai limitar o leque de escolhas em termos de profissões. E isto continua… findo o secundário, há que definir o próximo passo, o curso superior e/ou a profissão a seguir.

É nesta fase que devemos focar-nos na nossa verdadeira vocação que pode e deve conduzir de forma natural à realização profissional.


Verdade ou consequência…

Realidade ou mito, tudo depende dos padrões que “estabelecer” para a sua realização profissional.  Ou seja, tudo depende de ter metas reais ou inatingíveis. Ok, é verdade que tudo é possível desde que trabalhemos nesse sentido. Mas alcançar a realização profissional é muito mais que conseguir uma promoção ou um cargo de destaque numa grande empresa ou até um salário “chorudo”. Se estes critérios podem ajudar?! Para muitos sim; mas outros haverá para quem a realização está em fazer o que realmente gostam por exemplo.

Em suma: sim, a realização profissional é uma realidade, desde que parta de uma ambição genuína.

“A única maneira de fazer um bom trabalho é amando o que você faz. Se você ainda não encontrou, continue procurando. Não se desespere.”
A frase é de Steve Jobs e pode facilmente ilustrar aquilo que deve ser a sua busca pela realização profissional.

Não, não vamos falar em “carreiras de sonho” ou “fazer aquilo que sempre sonhou”. Deixemos de lado os clichés. Mas a verdade é que alcançar a realização profissional depende unicamente de si.

Antes de questionar se alcançar a tão desejada realização profissional é mito ou realidade faça um exercício e responda a estas perguntas: quantas vezes pensa se está ou não feliz no seu trabalho? Faz algo que realmente gosta? Pensa ou sonha em ter outro trabalho? Sente-se tentado a deixar o seu trabalho atual e recomeçar do zero?

Se estas perguntas são uma constante na sua vida laboral, se calhar está hora de repensar a sua carreira, as suas escolhas e (até!) se necessário reformular as suas metas.

Tal como referimos no artigo sobre as vantagens e desvantagens das metas profissionais, é fundamental que saiba perceber se a sua carreira está alinhada com os seus objetivos e, se necessário, reajusta-la. Só assim pode ter sucesso a nível profissional e sentir-se verdadeiramente realizado.


Veja também: