Reavaliação do IMI

Qual a declaração que deve preencher para solicitar a reavaliação do IMI. Saiba como pedir online a reavaliação do IMI.

Reavaliação do IMI
Como pedir online.

Solicitar a reavaliação do IMI é um direito dos contribuintes, conforme se pode ler no artigo 130.º do Código do IMI – CIMI. Assim, se entende que o valor patrimonial tributário está desatualizado ou desajustado da realidade poderá pedir, gratuitamente e de três em três anos, uma reavaliação do IMI num Serviço de Finanças ou enviando a respetiva declaração online, através do Portal das Finanças. No entanto, deve ter a certeza que vale a pena solicitar a reavaliação, através de uma simulação, por exemplo, pois a mesma pode, igualmente, redundar num aumento do IMI. Saiba como pedir online a reavaliação do IMI.
 

Declaração Modelo 1

Para solicitar a reavaliação do IMI online, caso o contribuinte considere o valor patrimonial tributário excessivo, passados que estejam três anos após ter sido inscrito o valor da avaliação anterior, deve preencher, através do Portal das Finanças, a declaração Modelo 1 do IMI.

 

Como pedir a reavaliação do IMI online

Depois de entrar no Portal das Finanças deve selecionar as seguintes opções:
  • “Serviços Tributários”;
  • “Cidadãos”;
  • No menu “Serviços” escolha as opções “Entregar”; “Declarações”; “IMI”;
  • Selecione “Modelo”; “Inscrição/Atualização de Prédios”;
  • Seguidamente deve introduzir os seus dados pessoais de acesso ao Portal das Finanças (NIF e a senha).
  • Depois surge duas opções: deve escolher a primeira para entregar a declaração a partir do site. Se preferir fazer o download da aplicação e preencher a declaração Modelo 1 do IMI a partir da mesma deve escolher a segunda opção. 
 

Faça a simulação 

Como referido anteriormente, mesmo sendo gratuita, antes de pedir a reavaliação do IMI, deve garantir que compensa solicitar a mesma para não ficar a pagar mais IMI. Assim, o ideal será efetuar uma simulação ao valor patrimonial tributário do seu imóvel para saber se a mesma está correta. Se preferir pode optar por recorrer ao simulador disponibilizado pelas Finanças (SIGIMI), pela DECO (paguemenosimi.pt) ou o imisimples, por exemplo.

Pode também aceder aqui à declaração Modelo 1 do IMI (em pdf) e respetivas instruções de preenchimento.

Tudo sobre os Impostos que aí vêm com a Newsletter do E-Konomista


Veja também: