AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Recusar um emprego: como e porquê

Teve uma oferta de emprego e quer recusar? São mais os contras do que os prós? Se não sabe como o fazer, leia este artigo e siga alguns exemplos de como se pode recusar emprego sem sair prejudicado.

Recusar um emprego: como e porquê
Saiba como recusar uma oferta de trabalho

Face à conjuntura actual, poderá parecer um contra senso falar em recusar emprego, mas a verdade é que cada caso é um caso e há determinadas situações que, depois de serem bem ponderadas, poderão não fazer sentido dentro de um contexto específico. Apesar disso, é importante que na altura de recusar emprego, o saiba fazer da melhor forma. É importante não fechar portas pois nunca se sabe o dia de amanhã.


Principais razões que levam a recusar um emprego

Mesmo com a crise e com a percentagem de desempregados ainda extremamente alta, existem alguns factores que ainda levam as pessoas a recusar uma oferta de emprego. Saiba quais:
  • O vencimento demasiado baixo;
  • Uma localização pouco conveniente;
  • Um trabalho pouco aliciante;
  • Horários incompatíveis com a vida pessoal.


FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre emprego actualizada ao minuto.

Dicas para recusar uma oferta de trabalho

Se teve uma oferta de emprego e está a pensar seriamente em recusá-la, saiba fazê-lo da melhor forma.

1. Analise bem todos os prós e contras

Antes de tomar a decisão de recusar emprego, pondere bem os prós e contras e analise bem a sua situação actual. É preciso pensar e reagir de cabeça fria para não se vir a arrepender mais tarde.

2. Não faça juízos de valor 

Se pensar recusar a oferta de trabalho por desconfiar que a empresa ou as funções podem não ser as adequadas, pense bem. Pode estar a criar juízos de valor que não correspondam à verdade e mais tarde corre o risco de se arrepender.

3. Depois de decidir, seja breve a comunicar

O pior que pode acontecer é demorar a comunicar uma decisão. Depois de já ter a certeza que vai recusar a oferta de emprego, comunique-o de imediato à empresa. Lembre-se sempre que se não ficar no cargo, a entidade terá de procurar outra pessoa de imediato.

4. Deixe uma porta aberta

Quando transmitir a sua decisão à empresa, seja claro, directo e tente não camuflar muito a sua decisão e os motivos que o levam a recusar o emprego. Se transmitir uma imagem honesta e credível, quem sabe não fica uma porta aberta para o futuro. 


Subsídio de desemprego

Se estiver a receber do subsídio de desemprego, lembre-se que não poderá recusar uma oferta de emprego, correndo o risco do subsídio lhe ser retirado. 


Veja também: