O essencial sobre a Rede EURES

Descubra o que é, como está organizada e quais são os principais objetivos da Rede EURES.

O essencial sobre a Rede EURES
O portal europeu para a mobilidade profissional

A mobilidade profissional dos cidadãos contribui para o crescimento económico dos países, possibilitando o contacto com diferentes realidades sociais, culturais e linguísticas. Permite que as sociedades beneficiem de um conjunto positivo de efeitos, como o enriquecimento da bagagem profissional e cultural dos cidadãos, a capacidade de adaptação perante a mudança e novas rotinas, a aprendizagem de outros idiomas, a aquisição de novas experiências profissionais e o desenvolvimento de outras competências.
 

O que é a Rede EURES?

Trata-se de uma rede de cooperação entre os Serviços Públicos de Emprego de todos os Estados-Membros do EEE (Espaço Económico Europeu) e a Comissão Europeia, assim como outras organizações parceiras.

A Rede EURES foi criada em 1993 e disponibiliza um conjunto de serviços que pretende facilitar a mobilidade dos trabalhadores. A EURES atua numa área que, atualmente, abrange 32 países.
 

Quais são os seus principais objetivos?

A Rede EURES presta informação e aconselhamento aos cidadãos, coloca à sua disposição um serviço de recrutamento e colocação de trabalhadores, num portal de mobilidade profissional.

Outro dos seus objetivos passa por adequar a oferta e a procura de mão-de-obra, promovendo o contacto entre empregadores (que estejam interessados em recrutar fora do seu país) e potenciais candidatos a emprego. Pretende-se, desta forma, remover alguns obstáculos à mobilidade.
 

Em que áreas atua a Rede EURES? 

  • Procurar emprego (a EURES permite o acesso a inúmeras ofertas de emprego dos países que integram o Espaço Económico Europeu e proporciona, ainda, a divulgação do Curriculum Vitae dos candidatos a emprego que pretendam trabalhar num outro país);
  • Recrutar (a EURES disponibiliza serviços de aconselhamento personalizado às entidades que pretendam selecionar e recrutar trabalhadores de qualquer país do EEE. Fornece informações sobre o atual mercado de trabalho, as condições de trabalho, a mobilidade transnacional e/ou transfronteiriça, incluindo esclarecimentos sobre legislação laboral, impostos e a atuação da Segurança Social);
  • Primeiro emprego EURES (um programa de integração que permite aos jovens europeus frequentarem um estágio ou encontrarem um emprego noutro país).

A Rede EURES dispõe de centenas de conselheiros nos vários países onde está presente para esclarecer dúvidas sobre qualquer uma destas áreas.
 

Que funções desempenham os conselheiros? 

  • Serviços de informação e orientação sobre mobilidade profissional;
  • Contacto diário com empregadores e candidatos a emprego;
  • Apoio à resolução de problemas enfrentados por empregadores e trabalhadores;
  • Aconselhamento em questões práticas, jurídicas e administrativas relacionadas com a mobilidade nacional e transfronteiriça.


A Rede EURES em Portugal

Atualmente, a Rede EURES está presente em 32 países, incluindo Portugal.
  • No continente: encontra-se integrada no IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional;
  • Nos Açores: encontra-se na Direção Regional para o Emprego e Qualificação Profissional;
  • E ainda no Instituto de Emprego da Madeira.

Veja também: