Publicidade:

9 alimentos para reduzir o inchaço

Vegetais, frutas, chás e cereais. Conheça 9 alimentos que ajudam a reduzir o inchaço abdominal.

9 alimentos para reduzir o inchaço
Barriga lisa? Sim, é possível com uma alimentação cuidada

A sensação de barriga inchada pode estar associada a variadas causas, entre as quais: flatulência, prisão de ventre, ansiedade, falta de exercício físico, intolerâncias alimentares, etc. No entanto, há vários segredos, nomeadamente, alimentos que ajudam a reduzir o inchaço.

Alimentos para reduzir o inchaço que deve incluir na sua dieta


1. Gengibre

gengibre

Uma das soluções para reduzir o inchaço é incluir o gengibre na sua dieta. Para além de ajudar a reduzir a flatulência e aliviar os sintomas das cólicas, o gengibre tem ainda outros benefícios, dos quais destacamos: ser um anti-inflamatório natural, tornar os músculos mais fortes, ajudar a equilibrar os níveis de colesterol, entre outras.

2. Mirtilos

mirtilo

Sendo um fruto vermelho, os mirtilos são muito úteis para nutrir o nosso organismo. Os seus benefícios ajudam a evitar ou a retardar doenças degenerativas do cérebro, como o Alzheimer. Além disso, o mirtilo, tal como os restantes frutos vermelhos, é rico em antioxidantes, em fibras, com a mais-valia de ter poucas calorias.

3. Curgete

curgete

Conhecida no Brasil como abobrinha, a curgete é da família das abóboras. Distingue-se por ser rica em potássio e em minerais. A capacidade de ajudar a reduzir o inchaço deve-se às suas propriedades, das quais se destacam a sua riqueza em água e ainda um suave efeito laxante.

4. Espargos

espargos

A vitamina K é muito importante para reforçar a estrutura óssea e os espargos são exímios nessa função. Basta uma porção por dia e um terço das necessidades diárias de vitaminas ficam supridas. Por outro lado, é esta mesma riqueza vitamínica que permite aos espargos eliminarem os excessos de fluídos do organismo.

5. Chocolate preto

chocolate negro

Elaborado a partir dos grãos de cacau torrados, o chocolate negro é rico em flavonoides, antioxidantes e fibras e é, como tal, um aliado para reduzir o inchaço. Na verdade, para além de não engordar, o chocolate negro contém ainda propriedades de elevado valor, entre as quais: controlo de colesterol, redução da pressão arterial, bom funcionamento dos músculos e aumento dos níveis de ferro.

Contudo, o seu consumo deve ser moderado, ou seja, um a dois quadradinhos por dia. E, na hora de escolher um chocolate, devemos optar por um que tenha uma quantidade de cacau superior a 70%.

6. Abacate

abacate

abacate é reconhecido por conter a chamada gordura “boa”. Tal facto deve-se ao ácido oleico responsável por reduzir inflamações, combater o cancro, combater a hipertensão e doenças cardiovasculares.

Por outro lado, e por ser muito alimento rico em fibra, contribui para a perda de peso, reduz os picos de açúcar no sangue e tem ainda um papel importante na regulação do trânsito intestinal. Cerca de 7% do peso deste fruto corresponde a fibra, o que é bastante quando comparado com outros alimentos.

7. Arroz integral

arroz integral

As vantagens do arroz integral passam, essencialmente, pela quase inexistência de açúcar. Além disso, ao ser de digestão lenta, este tipo de arroz garante uma sensação de maior saciedade. Este fator, aliado à sua riqueza em fibras, faz do arroz integral um alimento que garante o correto funcionamento do intestino.

8. Aveia

aveia

As papas de aveia estão na moda. Pode deixar-se contagiar por esta tendência, uma vez que a sua saúde vai agradecer. A sua riqueza em fibra, minerais, proteínas e vitaminas garante uma sensação de saciedade, deixando de fora a sensação de barriga inchada.

Para além disso, está ainda a contribuir para que o colesterol fique mais controlado e a manter as taxas de açúcar no sangue na medida certa.

9. Chá verde

chá verde

Com reconhecido valor como fortalecedor do sistema imunitário, o chá verde reduz o colesterol, diminuindo ainda as probabilidades de desenvolver doenças do coração. Para além destes benefícios, o seu poder detox ajuda a reduzir o inchaço, graças à presença dos flavonoides. Isto porque os mesmos têm a capacidade de acelerar o metabolismo, evitando assim que o organismo crie depósitos de gordura.

Veja também: