Regras básicas para lidar com dinheiro

Quer saber como esticar o seu dinheiro? Siga algumas regras básicas para lidar com o seu dinheiro e saiba como criar hábitos que o permitirão sobreviver à crise.

Regras básicas para lidar com dinheiro
A gestão eficaz do seu dinheiro necessita de algumas pequenas regras e hábitos

A gestão do dinheiro pessoal tem sido um desafio cada vez maior para as famílias em Portugal. Parece que o mês nunca chega ao fim e que é impossível esticar o salário para cobrir todas as despesas. Para o ajudar a esticar o seu salário apresentamos-lhe algumas regras que servirão de base para a gestão do seu dinheiro.


Cuidado com o endividamento:

Mesmo sendo impossível suportar todas as despesas mensais, é imprescindível que não crie o hábito de viver com o dinheiro dos outros. Atualmente é bastante fácil ceder a esta tentação. Temos diversos mecanismos como os cartões de crédito, o descoberto autorizado ou os vários tipos de crédito pessoal. Infelizmente, é fácil perder o controlo e uma vez perdido o controlo é urgente voltar aos carris.


TOME NOTA:
Gerir o dinheiro é uma tarefa que tem de ser aperfeiçoada ao longo do tempo, mas que tem regras. Conheça as principais.

Habitue-se a manusear dinheiro:

Existem diversos estudos que apontam para o aumento do consumo com recurso aos cartões. As pessoas que têm o hábito de fazer as suas compras com dinheiro (moedas ou notas) tendem a gastar menos dinheiro. A explicação é simples: o facto de ter de entregar dinheiro quanto faz uma compra tem um impacto emocional. As transações com cartões são operações virtuais não tendo associado um sentimento de perda.


Crie a sua conta de segurança:

Uma importante ferramenta para que consiga manter-se na linha é a constituição de uma conta de segurança. Deixar algum dinheiro numa conta autónoma irá trazer-lhe um sentimento de segurança e de confiança. Saberá que tem o dinheiro necessário para fazer face a imprevistos, tendo como condão evitar que caia em endividamento. Imagine o que será ter de mudar um pneu ou ter uma consulta de emergência e não ter um dinheiro amealhado...


Controle regularmente os seus extratos:

Uma última ideia para controlar o seu dinheiro passa por criar o hábito de controlar os seus extratos bancários. É imprescindível ter o controlo sobre todos os movimentos da sua conta. Neste contexto, sempre que se deslocar a uma caixa multibanco peça o talão para saber o valor do seu saldo bancário. Adicionalmente, poderá fazer consultas regulares ao seu extrato (por exemplo semanalmente) de modo a fazer um controlo e uma análise mais regular.

A gestão do dinheiro não é uma ciência. Antes, é uma atividade que se vai reforçando ou melhorando com o tempo. Uma boa gestão exige que crie hábitos e que siga algumas regras básicas. Com o tempo irá conseguir tornar determinados comportamentos em hábitos e verá que o seu dinheiro dura mais tempo. Possivelmente não será assim tão difícil fazer esticar o seu dinheiro...


Veja também: