7 regras de design para ignorar já

Há cada vez mais regras no que toca à decoração de interiores mas a verdade é que devemos decorar os espaços de acordo com o nosso gosto. A nova regra é: ignorar as regras. 

7 regras de design para ignorar já
Quebre as regras do design de interiores

Quem nunca leu 1001 regras de design de interiores? Todos nós sabemos que há cada vez mais revistas, livros e experts em decoração que nos dizem o que devemos ou não fazer. Mas será que tudo é válido em todos os casos? Seguir um guia pode ser importante mas mais importante ainda é seguirmos o nosso gosto e deixarmos o espaço do noss agrado, com ou sem regras.

Desde a iluminação às cores certas, passando pelo número e tipo de plantas ou até onde deve ficar cada coisa. Hoje em dia há regras para tudo, mas... o mais importante não é sentirmo-nos bem?

Trazemos-lhe as regras do design de interiores que deve ingnorar já. Dê asas à sua criatividade e liberdade e decore a sua casa ou escritório como sempre quis. 


7 regras da decoração de interiores que devemos por de lado


1. Não misturar padrões

1
Quem disse que não podemos misturar padrões enganou-se redondamente. Se utilizar padrões dentro dos mesmos tons ou em cores complementares, vai dar mais vida ao espaço e torná-lo mais moderno e divertido. Ora veja. 



2. Não usar cores escuras em espaços pequenos

2
Com a iluminação certa, as cores escuras podem tornar-se elegantes e sofisticadas e um verdadeiro statement de personalidade. Sim, mesmo em espaços pequenos. Quer apostar?



3. Não às flores artificiais

3
Ninguém tem dúvidas que as flores naturais são lindas e resultam sempre bem, seja em que espaço for. No entanto, é preciso tempo e dedicação, para que as flores durem e não fiquem murchas rapidamente. Se quer toda a elegância das flores sem o trabalho que elas requerem, flores artificiais são a opção perfeita. Fique com alguns exemplos.



4. Colocar papel de parede em todas as paredes de um espaço

4
Às vezes encontramos um papel de parede e ficamos simplesmente apaixonados pelo padrão. No entanto, não queremos comprometer o espaço todo e, por isso, acabamos por não o comprar. Mas quem diz que o papel de parede tem de ser aplicado em todas as paredes da sua sala, quarto ou escritório?

Crie um canto com personalidade na sua sala ou dê mais vida àquela parede vazia do seu closet. Coloque o papel de parede que tanto gosta apenas nesse sítio específico, sem comprometer o resto do espaço e mantendo as restantes paredes como gosta.



5. Escolher apenas um estilo

5
Tem tendência para gostar de móveis clássicos, decoração minimalista e cores arrojadas. E agora? Qual dos três estilos deixar de fora, no que toca à decoração da sua casa? Nós respondemos: nenhum! Misture todos os estilos e dê a sua prórpria identidade e cunho aos espaços, com peças que reflitam os seus gostos e preferências. O resultado? Espaços que têm a sua cara. 



6. Candeeiros iguais

6
Quando selecionar os pontos e formas de iluminação dos seus espaços, não tenha medo de misturar e combinar vários tipos, formas e feitios de candeeiros. Dê vida e modernidade aos cantos da casa, iluminando-os com estilo. E sim, os néon estão de volta e pode apostar neles.



7. Cadeiras iguais

7
Uma das melhores tendências do design de interiores é a mistura de cadeiras, sobretudo em cozinhas ou salas de jantar. Seja mistura de cores ou estilos, é uma das formas mais engraçadas de trazer diversidade, estilo e modernidade à sua cozinha. Pode optar por misturar cadeiras de um dos lados da mesa e colocar um banco corrido do outro lado. Será mais fácil para sentar todos os seus amigos, quando fizer um jantar lá em casa. 

Preparado para decorar a sua casa como mais gosta e esquecer as regras do design?

Veja também: