Reiki: tudo o que deve saber sobre esta terapia

O Reiki é uma terapia que reequilibra as suas energias. Pode ser praticado por qualquer pessoa e é benéfico para a saúde. Descubra os benefícios do Reiki.

Reiki: tudo o que deve saber sobre esta terapia
O Reiki é uma medicina alternativa e significa Energia Universal

Chama-se Reiki e significa Energia Universal. É uma terapia japonesa, criada pelo monge budista Mikao Usui. Defende um método de cura natural, que ajuda as pessoas a alcançar o equilíbrio e a revitalizar o corpo, através do alinhamento de energias.

Cada pessoa tem 7 chakras, que são centros onde circula a sua energia. Devido ao stress e ao desgaste diário, a energia fica saturada. Cabe ao Reiki renová-las, potenciando uma sensação de bem-estar.

É uma terapia alternativa reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Alguns hospitais portugueses aplicam esta técnica na área dos cuidados paliativos.

É o caso do Hospital de São João, no Porto, onde esta terapia é utilizada em pacientes oncológicos e de ambulatório, em conjunto com a medicina tradicional. Em Lisboa, o Instituto Português de Oncologia (IPO) e o Hospital Garcia de Orta também aderiram à prática do Reiki. O objetivo é, em qualquer dos casos, reduzir os efeitos agressivos da quimioterapia.

A quem se destina o Reiki?

O Reiki é aconselhável a quem:

  • Tenha problemas a nível emocional e/ou a nível físico;
  • Pretenda encontrar equilíbrio;
  • Esteja preocupado com a sua saúde.

Como atua o Reiki?

As sessões podem durar entre 30 a 60 minutos, consoante o paciente, e são feitas com este sentado ou deitado, mas sempre com a roupa vestida.

O terapeuta, ao passar as mãos em várias partes do corpo do paciente, canaliza a sua energia para pontos energéticos críticos, levando-o a um estado de relaxamento profundo.

O praticante nunca pressiona o corpo do paciente e, quando o faz, atua sobretudo em locais onde existe dor.

mantras

Benefícios do Reiki

O Reiki trata a mente, o corpo e a consciência humana como um todo. Traz vantagens a nível físico e emocional, permitindo:

  • Melhorar o cansaço e a depressão;
  • Reduzir os efeitos secundários dos medicamentos (ex: quimioterapia);
  • Estimular o sistema imunitário, ao aumentar as defesas do corpo;
  • Diminuir a ansiedade antes de uma cirurgia;
  • Eliminar mais rapidamente as toxinas presentes na anestesia e em outros medicamentos;
  • Desenvolver a capacidade de recuperação depois de uma intervenção cirúrgica.

Quem pode praticar Reiki?

Qualquer pessoa pode praticar Reiki, porque, sendo uma terapia complementar, trabalha apenas no campo da bioenergia e não exige conhecimentos de medicina.

Para aprender a técnica é necessário completar 3 a 4 níveis diferentes. Mas, para quem a quiser aplicar apenas a si próprio, bastará o primeiro nível.

O Reiki obedece a 5 princípios (五戒- Gokai), que ajudam os praticantes a chegar a um estado de felicidade e equilíbrio energético para uma prática em pleno. Todos os princípios começam por ‘Só por hoje’ (今日たけは – Kyo dake wa), para que o paciente se concentre apenas no presente. Estes são os 5 princípios:

  • 怒るな – Ikaruna – Sou calmo;
  • 心配すな – Shinpaisuna – Confio;
  • 感謝して – Kanshashite – Sou grato;
  • 業をはけめ – Gyo wo hageme – Trabalho arduamente;
  • 人に親切に – Hito ni shinsetsu ni – Sou bondoso.

Onde pode praticar Reiki?

Pode marcar uma consulta de Reiki em qualquer gabinete de bem-estar e/ou hospital, que pratique esta terapia. Os preços das consultas variam entre 30 e os 50 euros. Mas peça sempre uma avaliação prévia.

No entanto, existem muitos workshops e cursos para iniciantes, onde pode aprender Reiki.  Ao aprender o 1.º nível, fica apto para fazer o tratamento a si mesmo.

Veja também: 

Ana Carolina Veríssimo Ana Carolina Veríssimo

Ana Carolina Veríssimo é redatora de conteúdos desde 2013. Formou-se em Jornalismo pela Universidade Nova de Lisboa. É apaixonada pelo jornalismo online e pelo marketing digital. Escreve sobre diversos temas, sobretudo tecnologia, saúde, lifestyle e televisão.