Retomas de bancos: Uma janela de oportunidades

Existem muitas perguntas quando se fala em retomas de bancos. Será um bom investimento? Conseguirei encontrar a casa que se adequa às minhas necessidades? Como se processa a compra? E o empréstimo, posso pedir a qualquer banco? Fazemos-lhe um pequeno guia sobre retomas de bancos. Leia, pode ser que as suas perguntas sejam aqui respondidas.

Retomas de bancos: Uma janela de oportunidades
As retomas de bancos são um bom investimento?

Num cenário como o que vivemos, de recessão, a verdade é que são muitos aqueles que conseguem excelentes oportunidades de negócio. Assim, se procura um bom investimento ou se acha que esta é a melhor altura para comprar casa, procure as retomas dos bancos. Estes imóveis chegam ao mercado com preços muito competitivos, muitas vezes a cerca de 75% do seu valor de mercado.


Por norma, os bancos têm nos seus portais os imóveis que têm em carteira e que são oriundos de retomas, por incumprimento por parte dos clientes. Visite os sites e veja quais os imóveis que mais lhe interessam. Escolhidos aqueles que respondem aos seus requisitos, é só contactar o banco/responsável e marcar a visita ao imóvel. Quando fizer a visita, deve lembrar-se que esses imóveis são fruto de retomas de bancos e que poderão não estar «de cara lavada». Se por acaso encontrar uma casa à sua medida, deverá preencher a intenção de compra que será entregue, posteriormente, ao banco proprietário do imóvel.

 

Tendo em conta que os bancos têm, em carteira, demasiados imóveis, a sua proposta deverá ser logo aceite. Garanta o imóvel ao oferecer o valor pedido pelo banco. No entanto, se pretender poderá fazer uma oferta inferior ao valor pedido. Se não aparecer nenhum interessado pelo valor pedido, poderá ter a sorte de o banco aceitar a sua proposta. Apesar disso, nada obriga o banco a vender a sua retoma abaixo do preço que ele mesmo considere justo.

 

O processo de compra de uma retoma de banco é, portanto, bastante idêntico aos restantes. Há uma primeira visita, interesse por parte do cliente, preenchimento da intenção de compra, processo entregue ao banco e, posteriormente, passa-se à parte do pagamento. Se tiver dinheiro para fazer a compra a pronto, terá mais condições de negociação. Caso contrário, irá ter que se submeter a uma análise de atribuição de crédito habitação.

 

É sabido que as retomas de bancos são mais competitivas no que toca ao crédito habitação, já que são, na sua maioria, financiadas a 100%. Além disso, e por forma a encurtarem a carteira de imóveis, os bancos oferecem vantagens bastante competitivas ao nível das taxas.

 

Assim, na hora de pedir o empréstimo, opte pelo banco proprietário do imóvel. Não é que não possa fazer o empréstimo noutro banco, mas quando se trata de retomas, os bancos proprietários oferecem condições bastante atrativas e poderão isentar pagamentos de alguns serviços e apresentar produtos muito interessantes.

 

As retomas de bancos são, sem dúvida, um negócio interessante mas é necessário que conheça a oferta existente. Entre os bancos e as imobiliárias, existe um leque alargado de oferta. Procure, visite e decida. A escolha é sua e com certeza irá encontrar a casa dos seus sonhos a um preço que nunca será um pesadelo.