Revisão oficial em oficinas independentes: o que saber

A escolha da oficina para realizar a revisão ao automóvel cabe única e exclusivamente ao consumidor. Quem paga é quem escolhe. Saiba as principais vantagens e desvantagens de fazer a revisão oficial em oficinas independentes.

Revisão oficial em oficinas independentes: o que saber
Saiba as vantagens e desvantagens da revisão oficial em oficinas independentes.

O Regulamento Europeu n.º 461/2010 garante ao consumidor o poder de escolha da oficina para realizar a revisão. Desde o seu lançamento que deixou de ser obrigatório fazer a manutenção na marca de origem do veículo. A revisão oficial em oficinas independentes chegou ao mercado aftermarket oficinal e foi muito bem acolhido, contudo as mesmas têm a obrigatoriedade de cumprir com todos os parâmetros estabelecidos pelo fabricante.
 
O regulamento vem para proteger o consumidor, contudo nem tudo são benefícios!
 
Apresentamos as três principais vantagens e desvantagens de fazer a revisão oficinal em oficinas independentes.
 

Vantagens:

 

1 – Preço e soluções de financiamento

Este é o principal benefício de executar a revisão oficial em oficinas independentes. Ao fazê-lo vai certamente poupar muito dinheiro. Não é possível quantificar, porque depende da marca e modelo do carro, contudo, em média, poupa-se mais de 50% comparativamente a uma revisão na marca de origem. Refira-se ainda que, normalmente, estas oficinas independentes apresentam soluções financiamento sem juros.
 

2 – Obrigatoriedades

O regulamento pressupõe que estas oficinas realizem a manutenção de acordo com as especificações da marca de origem, obrigando assim, à utilização de peças de origem ou de qualidade equivalente. O uso de pessoal qualificado e de maquinaria adequada não pode ser excluído.
 

3 – Fator Confiança

Como proprietário de um automóvel certamente sente-se mais confortável, em atribuir os diferentes serviços que o seu carro precisa a uma, e apenas uma oficina da sua confiança.
 
Sendo este um mercado com um enorme poder de escolha, fazer a revisão oficial numa oficina com pessoal da sua confiança é um enorme benefício.

Veja também: Quando fazer a revisão do carro
 
 

Desvantagens:

 

1 – Garantia de Origem

Apesar do que é tradicionalmente comunicado, e mesmo carimbando o livrete do automóvel após a revisão, a realidade é que oficinas das marcas de origem não se responsabilizam por problemas que possam advertir da revisão. Normalmente a garantia de origem tem a duração de 2 anos e cumprem-no desde que não existam alterações realizadas por terceiros, não opte por deixar de usufruir da mesma.
 

2 – Falta de Controlo Oficinal

Apesar do regulamento ter um princípio muito vantajoso, a realidade é que o mesmo deveria ser acompanhado por uma obrigatoriedade de controlo às oficinas independentes por uma entidade responsável. Só assim se garantia a qualidade ao proprietário do veículo.
 

3 – Falsas promessas

Este é um serviço bastante apetecível para todas as oficinas, mas nem todas cumprem com o que prometem, segundo bastantes testemunhos. A procura de uma maior margem de lucro leva a utilização de produtos de menor qualidade.
 
NOTA EXTRA: Quando acabar os 2 anos da garantia de origem, a revisão oficial em oficinas independentes é uma excelente opção, mas opte por uma oficina da sua confiança.
 
Veja também: